Assine Já
quinta, 07 de julho de 2022
Região dos Lagos
28ºmax
20ºmin
VIAJE BEM Confira 331 hospedagens bem avaliadas na Região dos Lagos
COMBATE ÀS DISCRIMINAÇÕES

Comissão da Alerj vai pedir que PF investigue caso de racismo contra participante do BBB 22

Ator Douglas Silva foi alvo de xingamentos de grupo supremacista branco

31 janeiro 2022 - 10h40Por Redação

A Comissão de Combate às Discriminações da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), presidida pelo deputado Carlos Minc (PSB), vai pedir que a Polícia Federal amplie as investigações contra o crime de racismo sofrido pelo participante do Big Brother Brasil 22, Douglas Silva, na sexta-feira retrasada (21). O ator foi alvo de xingamentos racistas em um blog que usou uma foto do grupo supremacista branco americano Klu Klux Klan para ofendê-lo.

Na tarde de quarta-feira (26), o advogado da Comissão, Daniel Vargas, e o do ator, Ricardo Brajterman, estiveram na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) para denunciar o crime e descobrir o autor das postagens. Segundo a polícia, o responsável pelo site já foi identificado e seria um militante neonazista de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul.

“É algo mais sério do que parece. Estamos falando de um sujeito filho de policial que está ligado a nazismo e terrorismo. Vamos agir junto à Polícia Federal imediatamente. Essa não é uma articulação pontual de um racista isolado isso é supremacismo branco com articulação nazista”, afirmou. O deputado ainda lembrou que a Comissão já agiu junto com a polícia para a prisão de outros grupos nazistas e está empenhada em resolver essa questão.

Segundo Minc, situações como essa, apesar de sempre terem existido, se intensificaram nos últimos anos. “A gente precisa fazer um acompanhamento e criar novos mecanismos na Assembleia, até mesmo para esclarecimento e educação da população. A comissão tem recebido muitas denúncias. É muito triste, em um momento de pandemia, a gente ver o ódio e essa violência tão fortes”, analisou.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.