Assine Já
sábado, 24 de outubro de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 9419 Óbitos: 486
Confirmados Óbitos
Araruama 1914 111
Armação dos Búzios 582 10
Arraial do Cabo 298 15
Cabo Frio 3084 168
Iguaba Grande 826 38
São Pedro da Aldeia 1456 71
Saquarema 1259 73
Últimas notícias sobre a COVID-19
Córrego Rico

‘Caso Córrego Rico’ vai para Justiça nos próximos dias

Vereador pede explicações após ter pedidos de explicações ignorados pela Prefeitura de Cabo Frio

30 outubro 2015 - 09h51Por Rodrigo Branco

Ao que parece, a polêmica envolvendo os contratos da Pre­feitura com a prestadora de ser­viço Córrego Rico Transporte e Construção Ltda. com a Prefei­tura de Cabo Frio não acabou com a ida do prefeito Alair Cor­rêa (PP) à Câmara Municipal na semana passada. O vereador de oposição Aquiles Barreto (SD) vai entrar na Justiça nos próxi­mos dias pedindo cópias dos contratos, processos e editais envolvendo a empresa e o poder público municipal.

Alegando estar amparado pela Lei Orgânica e pela lei federal nº 9.051 de 1995, o parlamentar disse que enviou um ofício para o prefeito no último dia 13 pe­dindo explicações. Mas, 15 dias depois, prazo estipulado pela le­gislação (segundo ele, vencido anteontem), não tinha consegui­do qualquer resposta, fato que o fez recorrer a medida judicial.

– O Supremo Tribunal Fede­ral nos dá esse caminho por onde um vereador que quer fazer seu papel de fiscalizador pode recor­rer ao prefeito por meio de um ofício para pedir os números. O prefeito veio aqui e desafiou a nossa inteligência porque ele fa­lou, falou, falou e não compro­vou nada. Não trouxe nenhum papel. Então acho que ele de­monstrou ali que só uma palavra dele basta. Eu já acho que tem ter documentação – argumenta.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta sexta-feira (30)