Assine Já
sábado, 15 de agosto de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 5271 Óbitos: 305
Confirmados Óbitos
Araruama 846 62
Armação dos Búzios 388 9
Arraial do Cabo 132 12
Cabo Frio 1751 100
Iguaba Grande 427 26
São Pedro da Aldeia 796 44
Saquarema 931 52
Últimas notícias sobre a COVID-19
Córrego Rico

‘Caso Córrego Rico’ vai para Justiça nos próximos dias

Vereador pede explicações após ter pedidos de explicações ignorados pela Prefeitura de Cabo Frio

30 outubro 2015 - 09h51Por Rodrigo Branco

Ao que parece, a polêmica envolvendo os contratos da Pre­feitura com a prestadora de ser­viço Córrego Rico Transporte e Construção Ltda. com a Prefei­tura de Cabo Frio não acabou com a ida do prefeito Alair Cor­rêa (PP) à Câmara Municipal na semana passada. O vereador de oposição Aquiles Barreto (SD) vai entrar na Justiça nos próxi­mos dias pedindo cópias dos contratos, processos e editais envolvendo a empresa e o poder público municipal.

Alegando estar amparado pela Lei Orgânica e pela lei federal nº 9.051 de 1995, o parlamentar disse que enviou um ofício para o prefeito no último dia 13 pe­dindo explicações. Mas, 15 dias depois, prazo estipulado pela le­gislação (segundo ele, vencido anteontem), não tinha consegui­do qualquer resposta, fato que o fez recorrer a medida judicial.

– O Supremo Tribunal Fede­ral nos dá esse caminho por onde um vereador que quer fazer seu papel de fiscalizador pode recor­rer ao prefeito por meio de um ofício para pedir os números. O prefeito veio aqui e desafiou a nossa inteligência porque ele fa­lou, falou, falou e não compro­vou nada. Não trouxe nenhum papel. Então acho que ele de­monstrou ali que só uma palavra dele basta. Eu já acho que tem ter documentação – argumenta.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta sexta-feira (30)