Assine Já
quarta, 27 de outubro de 2021
Região dos Lagos
24ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52450 Óbitos: 2151
Confirmados Óbitos
Araruama 12382 441
Armação dos Búzios 6530 73
Arraial do Cabo 1736 93
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6993 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
DE VOLTA AO BATENTE

Câmara de Cabo Frio retoma atividades após duas semanas de recesso

Sessão desta terça (4) não será de votações, mas promete ser de cobranças ao governo

03 agosto 2020 - 20h21Por Redação

Depois de duas semanas de recesso parlamentar, a Câmara Municipal de Cabo Frio retoma as atividades nesta terça-feira (4), mas apenas como reabertura do semestre legislativo, ainda sem pauta e votações. Assim como tem sido norma durante a pandemia do novo coronavírus, a sessão será fechada ao público e contará apenas com a presença dos vereadores e de funcionários da Casa, que passou por uma higienização durante a pausa.

Mas não é por falta de projetos, indicações e requerimentos que a primeira sessão pós-recesso será monótona. Críticas às ações do Executivo durante à pandemia prometem dar o tom, sobretudo, entre a bancada de oposição. O vereador Rafael Peçanha (Cidadania), por exemplo, adiantou que vai cobrar a Prefeitura sobre o calote dado ao Hemolagos, que levou à paralisação das atividades do banco de sangue por dois dias na semana passada.

– Estou preparando uma indicação para pedir ao prefeito o remanejamento de gastos com publicações oficiais para a quitação dos compromissos com a Hemolagos – disse o vereador.

Recém-alçada à condição de líder da oposição, a vereadora Letícia Jotta (Pros) promete chumbo grosso para cima do governo.

– Esse governo só trabalha se a gente pressionar e é desse jeito que eu vou continuar trabalhando. Não adianta tentar nada amigável com eles, porque não funciona. Só recebemos a resposta da Unilagos porque eu ajuizei o documento. Também vamos ajuizar para receber as informações sobre as cestas básicas – garante a vereadora.

A primeira sessão ordinária, com votação e pauta, está marcada para a próxima terça-feira (10). Com as eleições no horizonte, em novembro, a expectativa é que as discussões peguem fogo de agora em diante. Pelo menos, 13 dos 17 vereadores devem se candidatar à reeleição.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.