Assine Já
sexta, 22 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
28ºmax
21ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21896 Óbitos: 720
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 2221 110
Últimas notícias sobre a COVID-19
SAÚDE PÚBLICA

Câmara de Cabo Frio cria Comissão de Combate ao Coronavírus

Grupo vai tratar das ações legislativas referentes à doença e fiscalizar as ações do governo durante a pandemia

02 abril 2020 - 20h12Por Rodrigo Branco

Na primeira sessão após uma pausa imposta pela quarentena, a Câmara de Cabo Frio instituiu na manhã desta quinta-feira (2) a Comissão Especial de Saúde para Prevenção e Combate ao novo coronavírus. O grupo tem sete vereadores e foi formado obedecendo à proporção das bancadas na Casa. O objetivo é tratar dos assuntos e projetos referentes ao controle da doença no município, além de auxiliar e fiscalizar o Poder Executivo quanto às ações tomadas. A Prefeitura tem 48 horas para enviar respostas e documentos pedidos pelos vereadores.

Fazem parte da comissão os vereadores Aquiles Barreto (SD), Jefferson Vidal (Patriota), Vaguinho (Cidadania), Guilherme Arão (Cidadania), Oseias de Tamoios (PDT), Letícia Jotta (PSC) e Ricardo Martins (SD). O presidente será escolhido na primeira reunião da comissão, que será realizada na próxima segunda-feira (6). O prazo de trabalho das comissões é de 90 dias, mas ele poderá ser prorrogado.

A criação da comissão é mais uma resposta do Legislativo à opinião pública, que vinha cobrando ações efetivas dos vereadores cabofrienses. Na segunda-feira (30), os parlamentares já haviam se reunido para tratar de possíveis ações na área de Saúde e de Assistência Social, em função da quarentena e da queda de receita de muitas famílias, que estão impedidas de trabalhar.


Assim como outros vereadores, presidente Luis Geraldo usou máscara na sessão. Foto: Reprodução

 

Na ocasião, o presidente Luis Geraldo (Republicanos) afirmou que estuda uma forma de reservar R$ 200 mil mensais, referentes ao duodécimo (repasse do Executivo à Câmara) para a aquisição de cestas básicas a serem entregues para famílias carentes. Na semana passada, os vereadores já haviam elaborado um ofício com indicações à Prefeitura para o combate ao Covid-19, como a compra de EPIs e respiradores para Saúde, e a entrega de cestas básicas para alunos da rede municipal de ensino, entre outras.

No fim da sessão desta quinta, Luis Geraldo, que atua na área de Saúde, pois é dentista, fez um apelo para que as medidas de isolamento social sejam levadas a sério pela população. O presidente da Casa fez uma advertência ao dizer que é possível ver nas ruas um maior número de pessoas e de veículos.

– Tudo o que estamos fazendo aqui são paliativos. Não existe outra receita que não seja o isolamento social. Isso é dito e comprovado por todos. Vários que tentaram fugir desse processo voltaram atrás. Por mais que a gente faça, não tem outro remédio do que a prevenção. O presidente do México voltou atrás, o presidente dos Estados Unidos voltou atrás, o prefeito de Milão voltou atrás. Todos que tentaram abrir esse isolamento voltaram atrás porque perceberam que morreram muito mais pessoas por causa disso – afirmou Luis Geraldo.

 

 

 

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.