Assine Já
quarta, 27 de outubro de 2021
Região dos Lagos
24ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52450 Óbitos: 2151
Confirmados Óbitos
Araruama 12382 441
Armação dos Búzios 6530 73
Arraial do Cabo 1736 93
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6993 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
ELEIÇÕES 2020

Bruno Costa: "Vamos construir e cuidar das pessoas da nossa cidade"

Folha realiza bateria de entrevistas dos candidatos às eleições majoritárias de São Pedro da Aldeia

03 novembro 2020 - 13h00Por Julian Viana

Bruno Costa, do Solidariedade, diz em entrevista à Folha que, se eleito prefeito de São Pedro da Aldeia, permitirá que seu gabinete esteja aberto para ouvir a demanda de toda a população. “Será um governo onde vamos construir e cuidar das pessoas da nossa cidade”. O candidato tem 36 anos de idade e é empresário da construção civil. Confira a entrevista na íntegra.

Folha dos Lagos – Por que deseja ser Prefeito? Qual legado quer deixar para a cidade?

Bruno Costa – Quando decidi que queria ser vereador, meu objetivo era tentar melhorar um pouco a vida das pessoas. Mas percebi, na prática, que a função de um vereador é muito limitada. Fui autor de vários projetos que seriam importantes para melhorar a qualidade de vida da nossa população como a reabertura da Policlínica, a realização de exames de vista nos alunos da rede municipal, instalação de iluminação de led em todos os pontos de ônibus da cidade (isso é questão de segurança), mas nenhum deles foi atendido. Foi quando entendi que pra ter os projetos realizados eu teria que abrir mão daquilo que eu acredito, que meus pais me ensinaram, que é ter dignidade. Se eu quisesse realmente fazer tudo aquilo que eu sonhava em fazer para minha cidade, eu teria que ser prefeito, mas um prefeito diferente deste que temos, que só atende pedidos que sejam do interesse dele. Quando vereador eu sempre tive meu gabinete aberto pra população. Todas as indicações e projetos que apresentei vieram através da população, e é assim que quero continuar sendo como prefeito, com gabinete aberto ouvindo a demanda de quem mais conhece os problemas da nossa cidade. Será um governo onde eu e minha vice, Elizangela Lobo, vamos construir e cuidar das pessoas da nossa cidade.

Folha dos Lagos – Como retomar o desenvolvimento, gerando emprego e renda, após um cenário de pandemia?

Bruno Costa – Temos que investir nas empresas, facilitar a vida do pequeno ao grande empresário. São Pedro é uma cidade pequena. Temos que atrair empresas e promover a inclusão no mercado de trabalho para gerar o desenvolvimento econômico da nossa cidade. Temos que criar o Polo de Empresas II, o Polo de Microempreendedor e também o Programa para Microempreendedor Familiar, dando assessoria técnica e materiais para a geração de renda e complemento ao orçamento familiar. Temos que investir na criação do Mercado Municipal / Polo do Produtor Rural com feira livre, criar a Casa do Produtor Artesanal e também incentivos fiscais para inserção de pessoas maiores de 45 anos no mercado de trabalho. Entendemos que é obrigação do poder público gerar oportunidades para nossa população. Por isso, uma de nossas prioridades será a realização de cursos práticos profissionalizantes para que homens e mulheres desempregados consigam trabalho e renda com seu esforço e empreendedorismo, mesmo com os efeitos da crise de trabalho que a pandemia gerou. Nossa ideia é que em seis meses a pessoa tenha uma nova profissão e condições de se colocar de volta no mercado de trabalho.

Folha dos Lagos – Os municípios da região tiveram índice baixo no Ideb. Como mudar esse cenário? Quais seus planos para a Educação?

Bruno Costa – Reconhecer que a Educação tem o poder de transformar o mundo deveria ser o principal objetivo de todo gestor público. E é justamente isso que nos propomos a fazer através de uma série de medidas que incluem, também, investimentos nos profissionais do setor. Uma de nossas primeiras ações será organizar a volta às aulas presenciais, no período pós-pandemia, readequando todos os prédios e instalações, conforme protocolos estabelecidos pelas organizações de saúde. E a partir daí investir em outras ações que melhorem a qualidade do nosso ensino e ajudem a alavancar os números do Ideb de nossa cidade. Um dos nossos objetivos é implantar uma escola municipal de tempo integral, distribuir uniforme escolar para todos os alunos da rede municipal através do programa Uniforme para Todos,  investir em saúde na escola municipal com implantação de um Odontomóvel completo e realização de exame preventivo de acuidade visual nos primeiros 30 dias do ano letivo com doação de óculos aos alunos com necessidade, contribuir para o acesso e permanência dos jovens e adultos no EJA, com vistas à erradicação do analfabetismo no município, assegurar matrícula em colégio próximo de casa para alunos portadores de deficiência locomotora e incentivar a melhoria de educação na rede municipal através da criação do prêmio Escola Nota 10, premindo os melhores resultados de aprendizado no índice de desenvolvimento da educação básica (Ideb). Além disso também vamos investir no profissional da Educação com cursos e capacitações regulares.

Folha dos Lagos – Quais as principais propostas para a Saúde?

Bruno Costa –
Sem saúde o cidadão não vai bem na escola nem no trabalho. Por isso temos o compromisso de ampliar os investimentos neste setor. Nosso trabalho será o de resgatar, melhorar e ampliar o atendimento de saúde para a nossa população. Para isso vamos reabrir a Policlínica e o Centro Municipal de Reabilitação, que foram duas indicações de nossa autoria como vereador e que não foram atendidas. Também queremos ampliar o atendimento à população através da contratação de médicos de diferentes especialidades e da informatização e integração de todo o Sistema de Saúde Municipal, e o atendimento nos Postos de Saúde da Família (PSF). Como vereador criamos projetos de lei para implantação do Atendimento Odontológico Municipal 24h. O prefeito atual não atendeu, mas nós vamos fazer isso. Também vamos implantar o ônibus com serviços odontológicos itinerantes - Cidade Feliz (Bus Odonto Itinerante) e o serviço de reabilitador, com Laboratório Regional de Prótese Dentária – LRPD – para confecção de próteses. E mais, queremos muito construir um Hospital Escola em área de terra pertencente à Prefeitura na localidade de Campo Lúcio, e investir nos servidores da saúde com um projeto de Educação Continuada. Temos ainda um projeto de instalar placas de energia solar nos prédios públicos, e com a economia gerada na conta de energia elétrica, investir ainda mais em saúde.

Folha dos Lagos – Quais as principais políticas que serão adotadas para o Turismo?

Bruno Costa – Pesquisas revelam que o turismo é uma das principais formas de geração de recursos financeiros para as cidades em todo o mundo. E em São Pedro da Aldeia isso não será diferente. Nosso objetivo é transformar o setor numa fonte de geração de emprego e renda para nossa população. Para isso vamos desenvolver algumas ações com recursos próprios, e buscar convênios para a implantação de outras. Uma de nossas primeiras ações será a criação de um calendário anual de eventos com atividades como Semana Evangélica, Festa de São Pedro, Festa dos Bairros, Natal de Luz, Dia das Crianças, Festa do Servidor, Festival do Camarão, Alvorada / caminhada, Marcha da Família Cristã, Paixão de Cristo, Festverão e outros. Além disso também vamos  revitalizar as praias do município, desenvolver ações pontuais para atrair o público da melhor idade, criar o curso de formação de Guias Mirins,  investir na Sinalização Turística, criar o Polo Gastronômico de São Pedro da Aldeia na Rua Eurico Coelho, no Centro, construir o Mirante do Sol, no bairro Poço Fundo, com infraestrutura de lazer e serviços para turistas e moradores, construir o Centro de Comércio e Lazer, com lojas, salas de cinema, parque infantil, bares e restaurantes e ainda a Marina Pública para passeios turísticos na lagoa. Sem contar dos investimentos em cultura e esporte, que também têm haver com o turismo.

Folha dos Lagos – O que o candidato pensa em relação a políticas afirmativas para mulheres, negros e LGBTs?

Bruno Costa – Eu sou evangélico, e acredito que o respeito às diferenças deve estar acima de qualquer coisa. A palavra de Deus nos diz "amai-vos uns aos outros como Eu vos amei", e não amai somente aquele que é igual a você, que pensa como você, que age como você. Pra mim esse é o maior ensinamento de Deus, e é este ensinamento que vai nortear nossas ações na busca por melhorias nas políticas públicas para acolhimentos das mulheres, dos idosos, dos negros, dos gays e de todos os demais considerados excluídos. Queremos trabalhar políticas de geração de emprego e renda, que qualificação profissional, de combate à violência. Queremos cuidar das pessoas, e é aí que entra a nossa prefeita Elizangela Lobo. Eu chamo de prefeita porque eu sempre digo que pela primeira vez São Pedro terá dois prefeitos: eu e Elizangela. Enquanto um constrói a cidade, e outro cuida das pessoas. Será um grande trabalho em equipe como nunca se viu em São Pedro, e me arrisco a dizer que até na Região dos Lagos. Elizangela não terá um cargo ilustrativo: ela vai meter a mão na massa e trabalhar junto comigo, lado a lado, principalmente nessas questões onde a mulher tem mais sensibilidade, e que ela tanto gosta de fazer e já fez muito bem antes.

Folha dos Lagos – Quais as principais propostas para o Esporte?

Bruno Costa –
Eu sempre gostei muito de esporte, e acredito que investir em esporte é investir em qualidade de vida, em segurança, e também num futuro melhor para nossos jovens. Por isso temos como meta oferecer treinamento e estrutura aos atletas amadores através da criação de polos esportivos em todos os bairros da cidade, bem como promover atividades esportivas ao ar livre pra toda a população. Também vamos estruturar os campeonatos já existentes, fortalecer os atletas locais que representam o município em competições intermunicipais, estaduais e/ou internacionais e criar projetos sociais esportivos no contraturno escolar, nas praças públicas da cidade, com apoio de estagiários de educação física das faculdades locais. Ainda estamos recebendo muitos projetos bacanas nessa área do esporte e estamos analisando todos para ver quais teremos condições de incluir em nosso projeto a curto prazo e com baixo custo porque nossa ideia é usar os recursos financeiros de forma consciente, até porque o dinheiro não é meu, é do povo, e deve ser gasto com aquilo que o povo precisa e merece.

Folha dos Lagos – Quais as principais propostas para a Cultura?

Bruno Costa –
São Pedro da Aldeia é uma das cidades mais antigas da nossa região. No entanto, os últimos administradores não demonstraram carinho ou cuidado com nossa cultura nem com nossa história. Nós vamos mudar isso através de ações simples, mas que vão gerar grande impacto em todos os bairros da cidade. Vamos criar uma agenda permanente de atividades culturais,  incluir o Teatro na Rua e o Cinema nos Bairros (ônibus cultural) no calendário cultural, promover a manutenção e preservação dos prédios e monumentos históricos da cidade e restaurar o Teatro Municipal. Ainda estamos ouvindo alguns segmentos da cultura para tentar incluir novos projetos em nosso plano de governo, que está em constante atualização pra poder atender aos anseios de cada categoria.

Folha dos Lagos – Quais os projetos do candidato para qualificar e ampliar a atuação da Guarda Municipal na Segurança Pública?

Bruno Costa – Embora a Segurança Pública seja atribuição do Governo do Estado, entendemos que algumas ações municipais são extremamente importantes para garantir a sensação de segurança da nossa população. Entre os principais compromissos que vamos adotar no nosso governo, estão a melhoria da iluminação em todos os logradouros públicos, a capacitação da Guarda Municipal para efetivo controle e redução dos índices de violência no município, a ampliação do número de viaturas para patrulhamento e a ampliação das ações de patrulhamento no entorno das escolas para coibir e reprimir a criminalidade.

Folha dos Lagos – Quais as prioridades em relação à infra-estrutura da cidade?

Bruno Costa –
Uma de nossas principais metas é facilitar o transporte da nossa população e investir em meios não poluentes. Por isso queremos instalar bicicletários em áreas movimentadas da cidade e incentivar o transporte coletivo, compartilhado, a pé ou de bicicleta, criando ciclovias ou ciclofaixas, bem como adequar a acessibilidade das calçadas e passeios públicos. Mas como eu disse, a missão principal do nosso governo será construir e cuidar, e, dentro da parte de construção, vamos buscar convênios para realização de uma série de obras que vão promover o desenvolvimento da nossa cidade e melhorar infraestrutura e a qualidade de vida da nossa população. Vamos investir na pavimentação de várias vias públicas, recuperar toda a malha viária, revitalizar as praças públicas com permanente manutenção da iluminação e construir construção de um novo terminal rodoviário doméstico no Centro para maior conforto dos usuários de transporte coletivo.

Folha dos Lagos – Quais as principais políticas que serão adotadas em relação ao Meio Ambiente? Especificamente sobre a Lagoa de Araruama, quais as ações viáveis para revitalização da lagoa?

Bruno Costa – Um dos maiores desejos da nossa população é o fim do despejo de esgoto in natura na nossa Lagoa de Araruama, e também o fim dos alagamentos. Por isso, pensamos numa série de ações que vão possibilitar a solução desses problemas. Uma das nossas prioridades será a criação do Programa de Monitoramento Permanente de áreas que necessitam de saneamento. Desta forma, vamos conseguir acabar com problemas relacionados a esgoto a céu aberto e alagamentos. Além disso, também vamos  buscar convênio para ampliação da coleta de esgoto no município, e implantação de novas redes de coleta de águas pluviais, promover acordo de cooperação técnica com a concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto para implantar uma rede separativa de esgoto domiciliar iniciando pelos logradouros que margeiam a Lagoa de Araruama e buscar recursos para implantação de Bueiro Inteligente. Já na área de meio ambiente, queremos ampliar a arborização pública de vias e praças e o plantio de flores nas principais vias da cidade, definir, por lei, as áreas de proteção ambiental com seus respectivos planos de manejo, quando couber, incluindo-as no Parque Estadual da Costa do Sol, promovendo assim o aumento da arrecadação do ICMS verde, e implantar sistemas para coleta de água da chuva, em especial para uso em banheiros e áreas de serviços dos prédios públicos.

Folha dos Lagos – De que maneira o município pode ser mais independente dos repasses dos royalties? Como enxerga um cenário caso o regime de partilha dos royalties seja alterado no STF?

Bruno Costa –
São Pedro da Aldeia é uma das cidades que menos recebe royalties, e sabemos que não podemos mais contar com esse recurso num futuro não tão distante. Por isso, é importante investirmos em outras fontes, como ICMS verde, e para isso vamos definir por lei, as áreas de proteção ambiental com seus respectivos planos de manejo, quando couber, incluindo-as no Parque Estadual da Costa do Sol, promovendo assim o aumento da arrecadação do ICMS verde. Além disso, precisamos investir na economia dos gastos públicos. O que se paga de conta de luz é algo absurdo. Nossa ideia é que todos os prédios públicos, incluindo escolas e instalações de saúde pública, recebam placas de painel solar: já temos estudos que mostram que nossa cidade tem várias áreas que possibilitam a implantação de fazendas tanto de Energia Eólica (gerada pelos ventos) quanto Foto-voltaica (placas solares) através de Parceria Público Privada (PPP). Temos potencial para gerar energia limpa e sustentável, e, com o tempo, o repasse feito para a Prefeitura zeraria a conta de luz gerando uma economia de cerca de R$ 10 milhões/ano aos cofres público, e todo esse dinheiro seria aplicado em investimentos na área de saúde.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.