Assine Já
segunda, 18 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
30ºmax
21ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21341 Óbitos: 711
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
Figueira

Árvore centenária é derrubada em Arraial

Área é aberta para construção de prédio residencial em terreno da antiga sede da FIA

12 agosto 2015 - 09h38

Nicia Carvalho

 

A derrubada de uma figueira de, no mínimo, 100 anos, no úl­timo sábado, pode virar o prin­cipal argumento do vereador Serginho Carvalho (PHS) para uma ação no Ministério Públi­co por crime ambiental contra o secretário de Meio Ambiente de Arraial do Cabo Gontram de Carvalho e o prefeito Wander­son Cardoso de Brito, o Andi­nho (PMDB). No entanto, o líder do governo na Câmara de Vereadores, Luciano Faria de Aguiar, o Tequinho (PPS), con­testa o argumento. A árvore foi derrubada para que seja erguido um prédio residencial no terre­no onde ficava a antiga sede da Fundação da Infância e Adoles­cência, na Praia dos Anjos.

– Foram várias aberrações. Primeiro derrubaram uma árvo­re de cem anos, o que já seria absurdo. Segundo, tramita na Casa processo pedindo tomba­mento como patrimônio muni­cipal. Enquanto tramita, é con­siderada como tombada. Então, não poderia derrubar. Mas pas­saram por cima de todas as leis. São vários crimes cometidos: ambiental, federal, estadual. Só não é municipal – afirmou o ve­reador.

Tequinho refuta as afirmações e argumenta que o processo não tem força de lei, uma vez que não foiu sancionado pelo prefeito.

– Toda lei só é válida depois de publicada. Não houve nenhu­ma infração. O pedido aguarda­va sanção do prefeito, que vetou o processo de tombamento – in­formou.

O imbróglio envolvendo o ter­reno da FIA, como é conhecido, começou em julho do ano passa­do a partir da venda da área de 10 mil metros quadrados por R$ 10,5 milhões.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta quarta (12)