Assine Já
sexta, 22 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
28ºmax
21ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21341 Óbitos: 711
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
Turismo

Aprovada lei que regulamenta guias turísticos

Aproximadamente 20 guias turísticos aguardavam ansiosamente a aprovação do projeto

04 setembro 2015 - 10h23

Chamou a atenção na sessão de ontem da Câmara um grupo de aproximadamente 20 guias de turismo que aguardavam an­siosamente a aprovação de um projeto de lei do vereador Fred Araújo (PDT) que regulamenta a atividade desses profissionais na cidade. E ela veio, por una­nimidade. A matéria, que foi apresentada e votada em regime de urgência, segue agora para sanção do prefeito Alair Corrêa (PP). De acordo com o parla­mentar, por não trazer ônus fi­nanceiro para o município, isso não deverá ser problema.

– Já existe uma lei federal, mas o município tinha que in­tervir. Eles nunca tiveram algo assim, trabalhavam meio que na clandestinidade. E nós criamos esse projeto para formalizar a situação deles, e lhes dar base e suporte, haja vista que a cidade atravessa uma grave crise de de­semprego. São mais 50 empre­gos gerados diretamente, sem custo nenhum para a Prefeitura. E mais 50 famílias com o pão de cada dia garantido – frisa.Fred disse ainda que a agora lei tam­bém visa a valorizar a mão-de-obra local, segundo ele, muito mais capacitada a falar sobre as características da cidade do que os profissionais de fora.

Apoio a catadores na reta fi­nal – O projeto de lei n 084/2015, do vereador Vanderlei Bento (PSDB), que institui o programa municipal de apoio aos catado­res de materiais recicláveis foi encaminhado ontem para a Co­missão de Políticas Públicas, de­pois de receber a aprovação na Comissão de Constituição e Jus­tiça. Tão logo receba novo pare­cer favorável, deve passar nova­mente por votação em plenário e, caso seja aprovado, ir para a sanção do prefeito.