Assine Já
sábado, 16 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
André

André Granado é afastado por 90 dias

Oposição consegue voto e emplaca processo de impeachment na Câmara

02 junho 2017 - 08h24
André Granado é afastado por 90 dias

 Por seis votos a três, a Câ­mara Municipal de Armação dos Búzios decidiu no começo da tarde de ontem pela abertu­ra do processo de impeachment contra o prefeito André Grana­do (PMDB). Para que a matéria fosse admitida eram necessários os votos de dois terços dos ve­readores, exatamente o número conseguido.

Votaram a favor da abertura do processo de impeachment os ve­readores Dida Gabarito (DEM); Gladys Costa (PRB); Cacalho (DEM); Dom (PEN); Josué Pe­reira (PHS) e Valmir Nobre (PRB). Pelo arquivamento do processo, votaram Joice Costa (PP); Miguel Pereira (PMDB) e Niltinho (PMDB). A oposição, que possui cinco parlamentares, contou com a adesão de última hora do vereador Dom para con­seguir emplacar o pedido.

Com a decisão, Granado será afastado por 90 dias, enquanto uma comissão de três parlamen­tares foi formada para analisar o assunto e dar um parecer. Du­rante o período, o vice Henrique Gomes é quem ficará à frente da Prefeitura. Para agravar a si­tuação de Granado, a comissão processante está dominada pela oposição. Ela será composta por Josué Pereira (presidente); Gladys Costa (relatora) e Valmir Nobre (membro).

O placar pelo afastamento de Granado repetiu-se em sessão extraordinária convocada após a votação do impeachment. Tam­bém por seis a três foi aprovado o Projeto de Decreto Legislati­vo, que confirma o afastamento de Granado pelos próximos três meses. As decisões ainda preci­sam ser publicadas.

Durante os trabalhos, que du­raram mais de cinco horas, as dependências da Câmara Muni­cipal de Búzios ficaram completamente lotadas, inclusive com muitas pessoas do lado de fora. O anúncio do resultado causou grande euforia.

Os autores do pedido são o blogueiro Luiz Carlos Gomes da Silva e o ex-vereador Flávio Ma­chado por supostas fraudes em licitação, conforme o relatório final da CPI do BO, de 2014.

Até o fechamento desta edi­ção, tanto a Prefeitura de Búzios como o prefeito André Granado não se manifestaram sobre o as­sunto. Ambos não responderam aos contatos da reportagem.