Assine Já
terça, 22 de setembro de 2020
Região dos Lagos
19ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7914 Óbitos: 414
Confirmados Óbitos
Araruama 1580 102
Armação dos Búzios 474 10
Arraial do Cabo 231 13
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
André

André Granado é afastado por 90 dias

Oposição consegue voto e emplaca processo de impeachment na Câmara

02 junho 2017 - 08h24
André Granado é afastado por 90 dias

 Por seis votos a três, a Câ­mara Municipal de Armação dos Búzios decidiu no começo da tarde de ontem pela abertu­ra do processo de impeachment contra o prefeito André Grana­do (PMDB). Para que a matéria fosse admitida eram necessários os votos de dois terços dos ve­readores, exatamente o número conseguido.

Votaram a favor da abertura do processo de impeachment os ve­readores Dida Gabarito (DEM); Gladys Costa (PRB); Cacalho (DEM); Dom (PEN); Josué Pe­reira (PHS) e Valmir Nobre (PRB). Pelo arquivamento do processo, votaram Joice Costa (PP); Miguel Pereira (PMDB) e Niltinho (PMDB). A oposição, que possui cinco parlamentares, contou com a adesão de última hora do vereador Dom para con­seguir emplacar o pedido.

Com a decisão, Granado será afastado por 90 dias, enquanto uma comissão de três parlamen­tares foi formada para analisar o assunto e dar um parecer. Du­rante o período, o vice Henrique Gomes é quem ficará à frente da Prefeitura. Para agravar a si­tuação de Granado, a comissão processante está dominada pela oposição. Ela será composta por Josué Pereira (presidente); Gladys Costa (relatora) e Valmir Nobre (membro).

O placar pelo afastamento de Granado repetiu-se em sessão extraordinária convocada após a votação do impeachment. Tam­bém por seis a três foi aprovado o Projeto de Decreto Legislati­vo, que confirma o afastamento de Granado pelos próximos três meses. As decisões ainda preci­sam ser publicadas.

Durante os trabalhos, que du­raram mais de cinco horas, as dependências da Câmara Muni­cipal de Búzios ficaram completamente lotadas, inclusive com muitas pessoas do lado de fora. O anúncio do resultado causou grande euforia.

Os autores do pedido são o blogueiro Luiz Carlos Gomes da Silva e o ex-vereador Flávio Ma­chado por supostas fraudes em licitação, conforme o relatório final da CPI do BO, de 2014.

Até o fechamento desta edi­ção, tanto a Prefeitura de Búzios como o prefeito André Granado não se manifestaram sobre o as­sunto. Ambos não responderam aos contatos da reportagem.