Assine Já
domingo, 15 de dezembro de 2019
Região dos Lagos
29ºmax
21ºmin
Apartamento
AP REC BANNER
andinho

Andinho consegue liminar na Justiça e continua no cargo

Decisão é mais um capítulo na briga judicial em Arraial do Cabo

25 julho 2014 - 14h55
Andinho consegue liminar na Justiça e continua no cargo

A Justiça concedeu liminar favorável ao prefeito de Arraial do Cabo, Wanderson Cardoso de Brito (PMDB), o Andinho. Com isso, ele continua no cargo. Andinho  havia sido cassado na terça (23) pela juíza Juliana Gonçalves Figueiredo Pontes, da 146ª Zona Eleitoral. O mandatário é acusado de descumprir a lei de publicidade institucional durante a campanha para prefeito em 2012. Logo em seguida, os advogados de Andinho ingressaram com um recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

A nova ação contra o prefeito foi impetrada por Henrique Sérgio Melmann e Cláudia Figueira, da Coligação PDT e PP. Segundo o advogado Fabrício Abílio, Andinho teria descumprido a lei ao gastar cerca de R$ 200 mil em publicidade institucional no ano 2012. O valor seria três vezes maior do que foi gasto nos anos três anteriores. De acordo com o advogado, a juíza Juliana Gonçalves acatou o pedido dos autores da ação.