Assine Já
segunda, 21 de setembro de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
Política

Janio: 'Alair Corrêa está abaixo do volume morto'

Marquinho disse estar ‘muito feliz’; enquanto Alfredo e Walmir confirmam pretensões

30 julho 2015 - 09h32

Rodrigo Branco

 

Embora não tenha sido visto exatamente como uma surpre­sa, o anúncio via Facebook fei­to anteontem pelo prefeito Alair Corrêa (PP) de que concorrerá à reeleição no ano que vem re­percutiu bastante junto aos seus aliados e adversários.

Ainda que, no texto, Alair te­nha afirmado que não irá se opor a candidaturas de pessoas do seu grupo político, com reações va­riadas, os personagens mencio­nados dizem que a ‘permissão’ dada pelo alcaide não altera suas pretensões eleitorais.

Um dos citados na postagem, o secretário de Esportes e La­zer, Alfredo Gonçalves, que em 2012 abriu mão de sua candida­tura em prol de Alair, disse que desta vez caminhará com o man­datário do início ao fim da cam­panha. Segundo ele, seu objetivo é retornar à Câmara Municipal.

– Isso não muda em nada os meus planos. Já esperava que ele fosse candidato. Eu estou junto com ele e o PV (partido de Al­fredo) também o apoiará. Sou candidato a vereador – afirmou Alfredo.

Como esperado, a confirma­ção de que o prefeito tentará o quinto mandato foi vista com reservas pelos principais adver­sários. Cada um ao seu estilo, os deputados Marquinho Mendes (PMDB) e Janio Mendes (PDT) apostam que a estratégia do pre­feito é diluir sua força eleitoral.

– É um direito constitucional dele ser candidato à reeleição. Mas paricularmente estou ‘mui­to feliz’ por enfrentar Alair nas próximas eleições, pois a popu­lação vai ter a oportunidade de comparar os governos e ela cer­tamente saberá avaliar qual foi o melhor – ironiza Marquinho.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta quinta (30)