Assine Já
terça, 11 de agosto de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
15ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 4925 Óbitos: 287
Confirmados Óbitos
Araruama 820 56
Armação dos Búzios 372 9
Arraial do Cabo 120 12
Cabo Frio 1661 97
Iguaba Grande 334 23
São Pedro da Aldeia 754 39
Saquarema 864 51
Últimas notícias sobre a COVID-19
COMODIDADE E SEGURANÇA

Alerj aprova projeto que autoriza testagem domiciliar de coronavírus

Programa a ser criado é destinado a pessoas com suspeita de Covid-19

08 julho 2020 - 20h35Por Redação

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou em discussão única, nesta quarta-feira (8), o projeto de lei 2.318/2020, que autoriza o Poder Executivo a criar o Programa Testagem Domiciliar para Todos, com objetivo de realizar testes gratuitos de Covid-19 nas residências de pacientes com sintomas relacionados ao vírus. A medida será encaminhada ao governador Wilson Witzel, que terá até 15 dias úteis para sancioná-la ou vetá-la.

O atendimento deverá seguir as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e na Lei Federal 13.979/2020, que trata do direito à informação permanente sobre o estado de saúde daqueles portadores de sintomas relacionados ao coronavírus. Os cidadãos que desejarem fazer o teste domiciliar precisarão passar por uma avaliação que vai determinar se eles podem ou não participar. Inicialmente, serão priorizadas as pessoas que fazem parte de grupos de risco devido à exposição ao contágio: profissão, condições de saúde, sintomas e idade, a ser determinado pela Secretaria de Estado de Saúde.

De acordo com o deputado Carlo Minc (PSB), autor original da medida, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a realização de testes em larga escala em casos suspeitos do coronavírus, como na Coréia do Sul. “Desde o primeiro momento, o país adotou um agressivo plano de exames. Para isso, realizou testes não somente em quem apresentava os sintomas da doença, como também em qualquer pessoa que tivesse tido contato direto com algum caso confirmado. O governo sul-coreano também passou a ir até a casa dos pacientes possivelmente infectados para tentar barrar o contágio aos demais”, afirmou o parlamentar.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.