Assine Já
segunda, 25 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
30ºmax
21ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21896 Óbitos: 720
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 2221 110
Últimas notícias sobre a COVID-19
Alair

Alair pede R$ 20 milhões a governador e recebe mais um 'não'

Prefeito coloca novamente em dúvida candidatura à reeleição após outro insucesso

20 julho 2016 - 10h00Por Redação I Foto: Reprodução de Facebook
Alair pede R$ 20 milhões a governador e recebe mais um 'não'

Em postagem no seu perfil do Facebook, o prefeito de Cabo Frio Alair Corrêa (PP) afirmou que teve um pedido de R$ 20 milhões negado durante encontro com o governador interino do Rio, Francisco Dornelles (PP) no Palácio Guanabara, na tarde desta terça (19). Segundo Alair, o valor corresponde aos repasses atrasados em relação às UPAs (R$ 10 milhões) e ao Fundo de Justiça (R$ 10 milhões). Mesmo assim, alegando falta de recursos, Dornelles negou o pedido.

O insucesso, segundo o próprio prefeito, reforça as dúvidas sobre suas pretensões este ano. Apesar de afirmar que o governador realmente pediu que não retirasse a candidatura, ele deixou a possibilidade em aberto por causa dos atrasos nos salários dos servidores municipais.

"Para tentar sensibilizá-lo insisti na candidatura que ele mostrava desejar, respondi a ele: "Governador, com qual motivação poderia ir para uma reeleição com os servidores com salários em atraso", relatou.

Há cerca de dez dias, Alair chegou a anunciar para seu grupo político que desistiria de concorrer este ano para apoiar a candidatura de Paulo César (PSDB), mas voltou atrás horas depois.

Confira abaixo a postagem do prefeito na íntegra:

SAINDO AGORA DO PALÁCIO GUANABARA, de uma audiência com o amigo Governador Francisco Dornelles. Os motivos do encontro foram para cumprimentá-lo por ser hoje o nosso Governador pelo PP, aproveitando para falar da situação financeira de Cabo Frio e pedir ajuda. Bem como também comentar sobre o seu pedido na última semana para eu ser candidato a reeleição. Recebeu-me com o carinho de sempre e me honrou ao continuar com os apelos para eu ser candidato. Mas, o que eu queria do Governador mesmo e o motivo de minha ida ao Palácio era conseguir R$20 milhões e aplicar, integralmente, na FOLHA DE PAGAMENTO e ficar em dia com os servidores de Cabo Frio. Após longa conversa fiz o pedido de ajuda, mas, para minha tristeza o Governador foi categórico ao responder: "ALAIR, SINTO MUITO, GOSTARIA DE AJUDÁ-LO. MAS O ESTADO NÃO TEM RECURSOS NEM PARA ELE". Ainda argumentei: “Governador, não vim pedir doação, mas sim cobrar os R$ 20 milhões que o Estado deve à nossa cidade. São R$10 milhões das UPAs e mais R$10 milhões do Fundo de Justiça que o Estado utilizou indevidamente”. Para tentar sensibilizá-lo insisti na candidatura que ele mostrava desejar, respondi a ele: "Governador, com qual motivação poderia ir para uma reeleição com os servidores com salários em atraso". Foi quando reafirmou que não poderia me ajudar por causa da situação financeira do Estado alegando que os servidores estaduais também estão em greve em todo o Estado do Rio. Finalizou a reunião demonstrando tristeza por não poder me atender: "ALAIR, A SITUAÇÃO DAQUI É TÃO RUIM QUE ESSE CAFEZINHO QUE TE OFERECI E VOCÊ TOMOU, FOI COMPRADO PELOS SERVIDORES". Diante desse comentário final, agradeci ao Governador Dornelles que, gentilmente, me levou ao elevador e voltei a Cabo Frio, para amanhã recomeçar a busca por alternativas que me tire dessa tempestade. Infelizmente ainda não foi hoje! Quanto ao seu pedido por uma candidatura à reeleição, antes de deixá-lo expliquei que sem os recursos vai ficando difícil mas que reunirei meu grupo até sexta feira para que com todos meus companheiros possamos decidir as nossas ações futuras.