Assine Já
sexta, 14 de agosto de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
Alerj
TEMPO REAL Confirmados: 5213 Óbitos: 304
Confirmados Óbitos
Araruama 846 62
Armação dos Búzios 384 9
Arraial do Cabo 132 12
Cabo Frio 1721 100
Iguaba Grande 420 26
São Pedro da Aldeia 796 44
Saquarema 914 51
Últimas notícias sobre a COVID-19
Alair

Alair entrega Saúde afirmando que deixa setor "revigorado"

Em discurso inflamado, prefeito novamente culpa crise pelos problemas e ataca oposição

01 setembro 2015 - 10h41
Alair entrega Saúde afirmando que deixa setor "revigorado"

Depois de 110 dias, 20 a mais do que previra inicialmente, o prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa (PP) se despediu do cargo de interventor da Secretaria de Saúde na manhã desta terça-feira (1), no auditório da Prefeitura, dizendo que deixa a pasta "revigorada". Bastante exaltado e enaltecendo as ações durante o período, o mandatário disse que deixa a Saúde de Cabo Frio como a 'melhor de toda região'. Antes, porém, a presidente da Comissão de Correição, Juliana Bonazza, entregou o relatório final da auditoria feita na secretaria, cujas cópias serão enviadas também ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas do Estado.

–  Saio hoje da pasta convicto de que o tempo que fiquei foi altamente proveitoso para Cabo Frio e a sua população. Não me arrependo de ter assumido senão não teria acontecido todas essas mudanças ocorridas na Saúde de Cabo Frio – afirmou.

Novamente atribuindo os problemas do setor e da Prefeitura à crise nas finanças municipais, Alair isentou de responsabilidade tanto o atual secretário Carlos Ernesto Dornellas como seus antecessores, preferindo atacar duramente os opositores, sobretudo o grupo do deputado estadual Janio Mendes (PDT), a quem chamou de 'bobalhões'. Dizendo-se 'tenso' por não ter concretizado, momentos antes da coletiva, a venda da Dívida Ativa do município, o prefeito criticou a inciativa do parlamentar de recolher assinaturas para ajuizar uma ação popular para impedir o empréstimo bancário que funcionaria como antecipação dos royalties.

– Se eles (oposição) entrassem como prefeitos, vocês nem imaginam o que aconteceria. Só com experiência e coragem para enfrentar essa situação – disse, autoelogiando-se.

(*) Confira a cobertura completa na edição desta quarta-feira da Folha dos Lagos.