Assine Já
terça, 26 de outubro de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52431 Óbitos: 2149
Confirmados Óbitos
Araruama 12371 441
Armação dos Búzios 6530 72
Arraial do Cabo 1736 92
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6985 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Búzios

A pedido do Ministério Público, Justiça mantém Henrique Gomes como prefeito de Búzios

Mandado de remoção obrigou André Granado e assessores a deixarem prédio da prefeitura

23 maio 2019 - 15h14Por Redação I Foto: Divulgação
A pedido do Ministério Público, Justiça mantém Henrique Gomes como prefeito de Búzios

A novela política em Búzios continua mas, ao que tudo indica, pode estar próxima do último capítulo. Horas depois do ex-prefeito André Granado ter conseguido uma liminar da 19ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), o prefeito e desafeto de André, Henrique Gomes, obteve nova decisão favorável da 2ª Vara da cidade para continuar no cargo. A decisão do juiz Raphael Baddini atende a um pedido do Ministério Público Estadual (MP-RJ) para que André fosse definitivamente afastado da prefeitura.

Para garantir que a sentença fosse cumprida, o juiz buziano publicou um mandado de remoção a fim de André e seu grupo de assessores deixassem a sede da prefeitura, o que aconteceu por volta das 14 horas, antes mesmo da chegada do documento. A 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva – Núcleo Cabo Frio pediu o cumprimento definitivo da sentença judicial de 2015, pela qual o ex-prefeito foi condenado à perda do cargo e dos direitos políticos por ato de improbidade praticado à época em que foi Secretário Municipal de Saúde.

Segundo a Justiça, em 2007, na gestão do ex-prefeito Toninho Branco, André contratou sem licitação uma empresa para execução de serviços de gestão, assessoria e controle no âmbito do Programa Saúde da Família. A condenação foi confirmada pela 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), tendo a 3ª Vice-Presidência do tribunal informado a inexistência de recursos pendentes de julgamento em relação a André Granado. Uma das alegações é justamente que o processo contra o ex-prefeito já se encontra transitado em julgado.

A condenação também prevê ressarcimento de R$6.348.028,74, em valores atualizados, aos cofres municipais e pagamento de multa correspondente a 40 vezes a remuneração do réu à época. Na tarde desta quinta (23), a Prefeitura de Búzios emitiu uma nota assegurarndo que a decisão judiocial foi cumprida e que Henrique Gomes ocupa o cargo de prefeito normalmente.