Assine Já
terça, 10 de dezembro de 2019
Região dos Lagos
27ºmax
20ºmin
Apartamento
AP REC BANNER
pm

Soldado da PM é morto a tiros ao fazer transporte de R$ 6 milhões para empresa

Ele e um subtenente sofreram emboscada na Vialagos na tarde desta quinta-feira

03 julho 2014 - 16h20Por Rosana Rodrigues | Foto: Johnny Costa
Soldado da PM é morto a tiros ao fazer transporte de R$ 6 milhões para empresa

O soldado da Polícia Militar Valério Albuquerque foi morto a tiros na tarde desta quinta-feira (3), por volta das 14h, em uma emboscada na Via Lagos, sentido Rio de Janeiro, na altura do km 55. Ele e um subtenente reformado faziam o transporte de R$ 6 milhões para a empresa Expert. Os dois, que estavam num Toyota Corolla (LUB 2936), foram interceptados por homens que estavam em dois carros: um Fox branco (LLR 4113), com placa de Macaé, e uma Hilux preta. Durante a ação, o Fox provocou batida no Toyota. Os criminosos conseguiram fugir na Hilux, mas levaram apenas parte da quantia. 

O soldado (foto à dir.) abriu vidro para trocar tiros, mas o veículo rodou na pista e parou no mato. O subtenente, identificado como Ramalho, conseguiu fugir no momento da ação e passa bem. Um carro forte teve que ir ao local para pegar o dinheiro, que estava dentro de malotes. Valério fazia parte do Grupamento de Ações Táticas (GAT) do subtenente Mauro Bernardo.

"Infelizmente, é mais um policial que perdemos. Vamos dar toda a assistência à família. Agora, levantaremos junto com a Polícia Civil todas as circunstâncias do acontecimento. Também pedimos auxílio ao batalhão de Macaé, já que a placa de um dos carros é da cidade”, disse o tenente-coronel Ruy França, comandante do 25º BPM.

A 125ª DP (São Pedro) investiga o caso.