Assine Já
terça, 01 de dezembro de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
20ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 12398 Óbitos: 542
Confirmados Óbitos
Araruama 2426 118
Armação dos Búzios 1201 16
Arraial do Cabo 427 16
Cabo Frio 3809 182
Iguaba Grande 1129 40
São Pedro da Aldeia 1874 76
Saquarema 1532 94
Últimas notícias sobre a COVID-19
CRIMES EM QUEDA

Região dos Lagos tem o menor número de homicídios dolosos dos últimos dez anos

De acordo com Instituto de Segurança Pública, foram nove mortes violentas em setembro 

21 outubro 2020 - 20h23Por Rodrigo Branco

A Região dos Lagos registrou nove homicídios  dolosos em setembro, a menor marca mensal desde agosto de 2010. O dado faz parte do relatório publicado pelo Instituto de Segurança Pública, do Governo do Estado, nesta quarta-feira (21).

Ao todo, foram registrados quatro homicídios em Araruama; dois em São Pedro da Aldeia e Cabo Frio; e um em Arraial do Cabo. Ao todo, foram dez ocorrências de letalidade violenta na região, incluindo os nove homicídios e um auto de resistência em Armação dos Búzios.

 Além dos homicídios e dos autos de resistência, compõem o índice de letalidade violenta os latrocínios (roubos seguidos de morte) e as lesões corporais dolosas.

O número registrado em setembro consolida a queda nos homicídios dolosos observada nos últimos meses na região, em meio à pandemia de Covid-19. Em agosto, as delegacias dos sete municípios registraram, juntas, 13 ocorrências. Em julho, haviam sido 14 mortes violentas.

Roubos – No mês passado, os sete municípios da região tiveram 100 ocorrências de roubos. A maior parte (41) foram assaltos a pedestres. Ainda houve 16 roubos a estabelecimentos comerciais; 13 de celulares e 11 de veículos.

Em nota, a Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que o comando do 25ºBPM (Cabo Frio) emprega seu efetivo no policiamento em viaturas, motocicletas e a pé na área. As ações são realizadas rotineiramente com o objetivo de reprimir práticas criminosas na área de atuação do batalhão. Segundo o quartel, l resultado dessa estratégia tem apresentado reduções importantes nos índices de criminalidade. 

A PM destacou que, de acordo com dados reunidos pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), no período de janeiro a agosto deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado, houve queda em diversas modalidades criminosas como 46,2% no furto a transeunte; 53,6% no roubo a transeunte, 5% no homicídio doloso e 42,3% total de roubos.

A Polícia Militar ressaltou, por fim, que é de suma importância que a população colabore realizando denúncias através do Disque-Denúncia 2253-1177 ou, para casos urgentes, através de nossa Central 190. Os registros em delegacias também são essenciais, pois colaboram com a revisão do planejamento operacional na área onde a mancha criminal é mais acentuada.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.