Assine Já
terça, 11 de agosto de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
15ºmin
Alerj
Alerj
TEMPO REAL Confirmados: 4925 Óbitos: 287
Confirmados Óbitos
Araruama 820 56
Armação dos Búzios 372 9
Arraial do Cabo 120 12
Cabo Frio 1661 97
Iguaba Grande 334 23
São Pedro da Aldeia 754 39
Saquarema 864 51
Últimas notícias sobre a COVID-19
HOMICÍDIO E OCULTAÇÃO DE CADÁVER

Polícia indicia chefe do tráfico da Favela do Lixo por morte de advogado

Criminoso também é acusado de envolvimento na morte de policial do Bope em Cabo Frio, em fevereiro

06 julho 2020 - 15h25Por Redação

A Polícia Civil indiciou o chefe do tráfico da Favela do Lixo, em Cabo Frio, pelo homicídio e a ocultação do cadáver do advogado criminalista Edson Jose Drumond Santana. O inquérito policial que apura o crime foi concluído nesta segunda-feira (6) pela Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA). O nome do criminoso não foi informado pela polícia.

Edson está desaparecido desde janeiro deste ano, quando saiu do escritório dele, no bairro da Penha, Zona Norte do Rio, avisando que ia sacar dinheiro no banco e não foi mais visto. As investigações apontaram que o advogado foi atraído pelo traficante, que era seu cliente, até a Favela Nova Holanda, no Complexo da Maré para supostamente pagar os honorários advocatícios.

Entretanto, após uma discussão, Édson foi morto pelo criminoso e teve o corpo jogado na Baía de Guanabara. O cadáver, porém, nunca foi encontrado.  

O autor do homicídio também é apontado como um dos responsáveis pela morte do policial militar do Bope, Luiz Paulo Costa Silva, conhecido como 'Negão do Bope', 16 em fevereiro deste ano, no Braga, em Cabo Frio. Por este crime, ele teve a prisão preventiva decretada em março.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.