Assine Já
quarta, 12 de maio de 2021
Região dos Lagos
26ºmax
16ºmin
http://www.alerj.rj.gov.br/
http://www.alerj.rj.gov.br/
TEMPO REAL Confirmados: 37918 Óbitos: 1447
Confirmados Óbitos
Araruama 9612 300
Armação dos Búzios 4692 57
Arraial do Cabo 1317 69
Cabo Frio 10088 529
Iguaba Grande 3759 93
São Pedro da Aldeia 5248 224
Saquarema 3202 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
PEDOFILIA

Polícia Civil prende acusado de abusar de quatro menores em Arraial

As vítimas, com idades entre seis e 13 anos, também foram agredidas e ameaçadas de morte

19 dezembro 2020 - 08h48Por Redação

A delegacia de Arraial do Cabo (132ª DP) prendeu um homem de 43 anos acusado de estuprar quatro menores, com seis, dez, 11 e 13 anos de idade. Todas as vítimas têm relação de parentesco com o preso. As investigações revelaram que três meninas foram abusadas sexualmente durante dois meses, ao longo desse ano, e a quarta vítima, que hoje em dia é adulta, foi estuprada durante um ano, quando era menor de idade. Além de violentar sexualmente as crianças, chegando a machucá-las, o homem também batia nas meninas e as ameaçava de morte, caso contassem sobre as agressões para alguém. 

O suspeito começou a ser investigado pela Delegacia de Arraial do Cabo em julho deste ano, após a polícia receber a denúncia sobre os abusos. A Polícia Civil pediu a prisão dele e, no final da tarde desta sexta-feira (18), o mandado de prisão temporária foi expedido pela Justiça. Imediatamente, a equipe da delegacia de Arraial do Cabo saiu em busca do acusado, que foi preso no distrito de Figueira, a 20 Km do Centro da cidade. De acordo com a Polícia Civil, em depoimento na delegacia, ele confessou os crimes. 

“Conseguimos prender o autor de mais um caso bárbaro de pedofilia ocorrido aqui em Arraial do Cabo. Trata-se de um homem que estuprou quatro menores, com idades entre seis e 13 anos. Três meninas foram vítimas durante dois meses, ao longo desse ano, e a outra, que atualmente é adulta, foi abusada sexualmente durante um ano, quando era menor de idade. Esse criminoso tem relação de parentesco com todas as vítimas e as ameaçava, caso contassem sobre os abusos”, relatou a delegada de Arraial do Cabo, Patrícia Aguiar. 

As investigações revelaram que os estupros ocorreram diversas vezes e que as crianças contaram dos abusos para uma parente, que disse que as meninas estavam mentindo. O caso só foi revelado quando a mãe de duas das crianças, ao perceber o comportamento diferente nas filhas e os constantes choros, chamou a mais velha para conversar e esta relatou tudo o que vinha ocorrendo. Ela, então, procurou ajuda e denunciou o caso. O homem será indiciado por estupro de vulnerável e a delegada Patrícia Aguiar pedirá à Justiça a sua prisão preventiva.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.