quinta, 13 de junho de 2024
quinta, 13 de junho de 2024
Cabo Frio
28°C
Park lagos
Park Lagos 2
BOMBAS INTERDITADAS

Polícia Civil indicia dono de posto por furto de GNV em Cabo Frio

De acordo com delegado, fraude em marcador chegava a R$ 250 mil por semana

15 novembro 2019 - 15h10Por Redação
Polícia Civil indicia dono de posto por furto de GNV em Cabo Frio

A Pólícia Civil vai indiciar o dono de um posto de gasolina de bandeira BR, que fica na Avenida América Central, na altura de São Cristóvão, por furto de GNV qualificado por fraude. O crime ficou constatado durante uma diligência realizada por agentes da 126ª DP (Cabo Frio) nesta sexta-feira (15), feriado nacional da Proclamação da República. 

De acordo com a Polícia Civil, há cerca de 15 dias, os policiais receberam uma denúncia anônima dando conta que tal posto estaria furtando a CEG, pois o medidor daquela companhia estava 'bloqueado', deixando de marcar todo o GNV que abastece as centenas de veículos diariamente.

Na operação desta sexta, os policiais conseguiram pular o muro, pela rua lateral, que guarda o medidor de GNV e filmaram o aparelho 'congelado', enquanto as bombas de GNV abasteciam dezenas de veículos naquele momento.

O portão continuou trancado para aguardar a chegada do perito criminal e do delegado titular da 126a DP , Sérgio Caldas, mantendo as provas íntegras. O furto do GNV foi confirmado o furto, por meio do bloqueio do medidor de GNV.

A gerente do estabelecimento foi levada até a delegacia, mas ficou provado que ela não tinha acesso àquele ambiente, cuja chave ficava com outro funcionário, da relação pessoal do dono do posto. Segundo a Polícia Civil, um levantamento superficial indica uma subtração semanal que varia entre R$ 200 mil e R$ 250 mil. A CEG receberá comunicação formal do crime.