Assine Já
sexta, 14 de maio de 2021
Região dos Lagos
24ºmax
17ºmin
http://www.alerj.rj.gov.br/
http://www.alerj.rj.gov.br/
TEMPO REAL Confirmados: 38094 Óbitos: 1459
Confirmados Óbitos
Araruama 9614 300
Armação dos Búzios 4695 57
Arraial do Cabo 1317 69
Cabo Frio 10146 538
Iguaba Grande 3800 93
São Pedro da Aldeia 5248 227
Saquarema 3274 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
POLÍCIA

PM é morto por colega de farda em Unamar

Cabo Flávio Marcos Gomes da Silva atuava na UPP do Morro do Vidigal, no Rio

31 janeiro 2020 - 19h39Por Redação
PM é morto por colega de farda em Unamar

Uma briga entre policiais militares resultou na morte do cabo Flávio Marcos Gomes da Silva, de 39 anos, próximo ao Una Park, em Unamar, no segundo distrito de Cabo Frio. O crime aconteceu na tarde de anteontem. A Secretaria de Estado de Polícia Militar emitiu uma nota para lamentar a morte do militar.

Segundo a PM, equipes do 25º Batalhão (Cabo Frio) foram acionadas para verificar uma ocorrência de desentendimento no trânsito. No local, os agentes confirmaram que se tratava de uma briga envolvendo dois policiais militares. Durante a discussão, eles efetuaram disparos de arma de fogo um contra o outro. 

Flávio ficou ferido, sendo socorrido ao Hospital de Tamoios, mas não resistiu aos ferimentos. A ocorrência foi registrada na 126ª DP (Cabo Frio). A reportagem questionou sobre o outro policial envolvido na briga, mas a corporação limitou-se a responder que a Corregedoria Geral da Polícia Militar acompanha a apuração das circunstâncias do fato e as armas dos policiais foram apreendidas.
O cabo Flávio Gomes tinha 39 anos de idade, e estava na corporação desde 2011 e era lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro do Vidigal, na Zona Sul do Rio. Ele deixa esposa e uma filha. 

Morte no Jardim Peró – Um homem identificado como Renato Ferreira dos Santos, de 60 anos, foi morto a tiros ontem, em sua propriedade, no Jardim Peró, em Cabo Frio. Segundo informações do Portal RC24h, Renato era fazendeiro e produtor de laticínios.
Ele teria sido atingido por, pelo menos, cinco disparos. O corpo do fazendeiro foi levado para ao IML de Macaé. A perícia esteve no local para recolher provas que ajudem na investigação pela 126ª DP (Cabo Frio). 

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.