Assine Já
quarta, 01 de dezembro de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53491 Óbitos: 2186
Confirmados Óbitos
Araruama 12497 447
Armação dos Búzios 6580 73
Arraial do Cabo 1754 93
Cabo Frio 15408 901
Iguaba Grande 5564 147
São Pedro da Aldeia 7047 290
Saquarema 4641 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
HISTÓRICO

Pandemia faz região registrar menor número de homicídios para o primeiro semestre desde 2003

Apesar da flexibilização da economia, junho foi o mês com menor índice de mortes violentas

16 julho 2020 - 18h47Por Rodrigo Branco

Os municípios da Região dos Lagos registraram 133 homicídios dolosos (quando há intenção de matar) no primeiro semestre deste ano, a menor marca desde 2003, quando os casos passaram a ser divulgados por delegacia. O índice é 43% menor em relação aos seis primeiros meses de 2019, quando foram registrados 236 homicídios dolosos. O Instituto de Segurança Pública (ISP), que é vinculado ao Governo do Estado, divulgou os dados de junho sobre a criminalidade, nesta quinta-feira (16), fechando o semestre. 

O quadro se repetiu no Rio de Janeiro como um todo e, segundo o Governo do Estado, tem relação direta com a pandemia do novo coronavírus e a adoção de medidas restritivas desde meados de março, o que causou impacto nos registros de ocorrência dos crimes nos meses de março, abril, maio e junho. Na avaliação do Governo, o distanciamento social ajudou na redução da criminalidade, e na diminuição dos registros das ocorrências, resultando em subnotificações.

Especificamente em junho, a área patrulhada pelo 25º Batalhão da Polícia Militar (25º BPM) teve oficialmente nove homicídios dolosos, a menor marca do ano até o momento, apesar de coincidir com o período de flexibilização da quarentena na maioria dos municípios. As mortes foram registradas somente em Cabo Frio (7) e Araruama (2), sem ocorrências nos demais municípios da região. A redução em junho foi de 52% comparado ao mesmo mês do ano passado e de 47% em relação a maio.

A pandemia também teve uma influência sem precedentes no total de roubos. Pela primeira vez na história, ou desde que o índice passou a ser contabilizado por município, a Região dos Lagos teve menos de mil ocorrências de assaltos. Foram 945 nos primeiros seis meses de 2020, contra 2.685, no primeiro semestre do ano passado, o que representa uma redução de 64%. 

Em junho, foram registrados 104 roubos em toda região, também o menor número do ano até agora. Desse total, 36 foram roubos a pedestres, 18 de veículos e 16 de celulares. A redução no número de assaltos foi de 60% comparado a junho de 2019, e de 1% em relação a maio.

Em nota, a Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que o comando do 25º BPM (Cabo Frio) emprega seu efetivo no policiamento em viaturas, motocicletas e a pé, e que operações pontuais são realizadas rotineiramente com o objetivo de reprimir ações criminosas na área de atuação do batalhão.

Segundo a PM, o resultado dessa estratégia apresentou a redução de índices de criminalidade importantes. De acordo com dados reunidos pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), no período de janeiro a junho deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado, houve queda em diversas modalidades criminosas como 21,3% no roubo a estabelecimento comercial, 50,2% no roubo a transeunte, 31,8% no roubo de veículos, 35,6% no furto a transeunte.

Por fim, a Polícia Militar ressaltou que é de suma importância que a população colabore realizando denúncias através do Disque-Denúncia 2253-1177 ou, para casos urgentes, através de nossa Central 190. Os registros em delegacias também são essenciais, pois colaboram com a revisão do planejamento operacional na área onde a mancha criminal é mais acentuada.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.