Assine Já
quarta, 23 de setembro de 2020
Região dos Lagos
21ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7914 Óbitos: 414
Confirmados Óbitos
Araruama 1580 102
Armação dos Búzios 474 10
Arraial do Cabo 231 13
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
Operação Metástase

Operação Metástase cumpre mandados de prisão na Região dos Lagos

Ação policial acontece nesta terça (30) em Cabo Frio, Búzios, Arraial e outras sete cidades 

30 maio 2017 - 09h25Por Redação | Foto: Narayanna Borges (InterTV)
Operação Metástase cumpre mandados de prisão na Região dos Lagos

A polícia deflagrou nesta terça-feira (30) a 'Operação Metástase' com o objetivo de combater o tráfico de drogas e de armas no interior do Estado do Rio. A ação visa a cumprir 37 mandados de prisão em dez municípios, entre eles, Cabo Frio, Arraial do Cabo, Armação dos Búzios e São Pedro da Aldeia. O nome da operação refer-se ao fato da atividade criminosa ter se espalhado por outras regiões do território fluminense.

Fazem parte da operação 100 homens, incluindo policiais da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) da capital e de 15 delegacias da Região Metropolitana e do interior do estado. Também participaram homens da Força Nacional. Ao todo, foram cumpridos 28 dos 37 mandados. Dezessete pessoas foram presas na ação e outros 11 mandados foram cumpridos contra pessoas que já estavam presas. Um dos presos, aliás, morava ao lado da delegacia de Cabo Frio (126ª DP).

A operação é a consequência de um longo trabalho da DCOD que investigou as conexões do tráfico de drogas local com as favelas da Mangueira e do Parque União e Nova Holanda, as duas últimas no Complexo da Maré.

Polícia afirma que mulheres traziam drogas

Durante coletiva realizada na sede da Polícia Civil na manhã desta terça (30), delegados explicaram como foi a investigação que levou à deflagração da Operação Metástase. Segundo os investigadores, são mulheres da região que dirigiam-se ás comunidades cariocas para comprar as drogas vendidas na Região dos Lagos. Três suspeitas foram presas na operação. 

– Essas mulheres estavam associadas ao tráfico de drogas. Elas levavam as drogas no ônibus. As armas eram levadas de carro – afirmou o delegado titular da DCOD, Felipe Curi.

Os policiais comentaram que a dinâmica criminosa nas comunidades da região foi descoberta a partir do aprofundamento de investigação feitas, inicialmente, nas comunidades do Complexo da Maré. Segundo os investigadores, o aumento das atividades do tráfico na região chamou a atenção das autoridades, que partiram para desarticular as quadrilhas. 

– Verificamos que houve luta territorial de facções nessas cidades. Eles estavam procurando se reforçar e aumentar seu poder de fogo –  finaliza Curi.

(*) Atualizada em 30/5 às 15:30h.