Assine Já
segunda, 06 de julho de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
17ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 272 585 40
Armação dos Búzios X 256 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 954 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 465 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
Operação Dominação

MP divulga nome de presos na Operação Dominação

Mulher de Chico da Ecatur e ex-presidente da Câmara cabista estão na lista

03 dezembro 2015 - 14h01

O Ministério Público Estadual divulgou a lista dos presos na segunda fase da Operação Dominação, deflagrada na manhã desta quinta-feira (03) pelo Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP-RJ e a Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (Delepat) da Polícia Federal. Dos 14 mandados expedidos pela Justiça, dez foram cumpridos, entre eles, os que levaram para a prisão Jane Mello, mulher do ex-presidente da Empresa Cabista de Desenvolvimento Urbano e Turismo, Francisco Eduardo Freire Barboza, o Chico da Ecatur e Arivaldo Cavalcanti Filho, o Dinho, ex-presidente da Câmara de Arraial do Cabo, entre 2009 e 2012, ambos denunciados por lavagem de dinheiro e peculato.

Com diferentes participações no esquema, também foram denunciados e presos na manhã desta quinta, o subsecretário municipal de Governo de Arraial, Cláudio Sérgio de Mello Corrêa; o subsecretário de Serviços Públicos, Sérgio Evaristo Plácido de Aguiar, conhecido como ‘Vivi’; o atual presidente da Ecatur, Agnaldo Silvio Luiz; o tesoureiro da empresa, Pierre de Aguiar Cardoso; o empresário Peter Maciokas. Também foram denunciados o próprio filho de Francisco Eduardo, Carlos Eduardo Rocha Freire Barboza, o ‘Cadu Playboy’, um dos principais líderes do tráfico de drogas na região e que já estava preso desde novembro do ano passado; Camila Vignoli e Raynna Teixeira, estas também acusadas de envolvimento no esquema.

Outros denunciados, mas que não foram encontrados pela polícia e, desta forma, são considerados foragidos pela Justiça, estão o suplente de vereador de Cabo Frio, João Gomes (PSB); o secretário municipal de Serviços Públicos de Arraial, Marcelo Adriano; o empresário Otto Maciokas, filho de Peter e Victor Canela, considerado o braço direito de Chico.

A cobertura completa da segunda fase da Operação Dominação você vai ver na edição desta sexta-feira da Folha dos Lagos.