Assine Já
sábado, 04 de julho de 2020
Região dos Lagos
23ºmax
16ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 260 584 40
Armação dos Búzios X 250 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 943 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 455 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
Motorista que matou mulher atropelada presta depoimento

Motorista que matou mulher atropelada presta depoimento

Vítima atravessava pista em São Pedro

17 março 2016 - 10h55

O motorista que atropelou e matou uma mulher de 55 anos na RJ-140, em São Pedro da Aldeia, prestou depoimento ontem na delegacia do município horas depois do ocorrido. Ele contou a polícia que tentou parar, mas não conseguiu evitar o acidente e que a vítima apareceu “de repente” na frente do veículo. De acordo com informações do delegado Jorge Veloso, titular da 125°DP, o homem, que não teve a identidada revelada, parou para prestar socorro, mas a vítima não resistiu.

– Ele parecia chateado e teve a atitude de parar para socorrer. Mesmo que ele não tenha sido imprudente, e a investigação é que vai mostrar isso, ele será indiciado. Mas é provável que o juiz o inocente – explicou o delegado de São Pedro da Aldeia.
Segundo ele, o carro foi periciado no local, mas frentistas do posto de gasolina próximo ao acidente e outras testemunhas que estavam no local deverão ser ouvidas para tentar determinar o que ocorreu. Ele será indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a pena para este tipo de crime de trânsito varia de dois a quatro anos de detenção, suspensão ou proibição de possuir carteira de habilitação. Não haverá aumento de pena porque o motorista prestou socorro. O acidente ocorreu na altura do bairro Rua do Fogo, próximo a um posto de combustíveis. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, Ninon Rose G. Freire, de 55 anos, foi atingida quando tentava atravessar a pista no sentido Cabo Frio. Por conta da violência da batida, partes do corpo ficaram espalhadas pela via.