Assine Já
sábado, 23 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
20ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21896 Óbitos: 720
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 2221 110
Últimas notícias sobre a COVID-19
Motorista que matou mulher atropelada presta depoimento

Motorista que matou mulher atropelada presta depoimento

Vítima atravessava pista em São Pedro

17 março 2016 - 10h55

O motorista que atropelou e matou uma mulher de 55 anos na RJ-140, em São Pedro da Aldeia, prestou depoimento ontem na delegacia do município horas depois do ocorrido. Ele contou a polícia que tentou parar, mas não conseguiu evitar o acidente e que a vítima apareceu “de repente” na frente do veículo. De acordo com informações do delegado Jorge Veloso, titular da 125°DP, o homem, que não teve a identidada revelada, parou para prestar socorro, mas a vítima não resistiu.

– Ele parecia chateado e teve a atitude de parar para socorrer. Mesmo que ele não tenha sido imprudente, e a investigação é que vai mostrar isso, ele será indiciado. Mas é provável que o juiz o inocente – explicou o delegado de São Pedro da Aldeia.
Segundo ele, o carro foi periciado no local, mas frentistas do posto de gasolina próximo ao acidente e outras testemunhas que estavam no local deverão ser ouvidas para tentar determinar o que ocorreu. Ele será indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a pena para este tipo de crime de trânsito varia de dois a quatro anos de detenção, suspensão ou proibição de possuir carteira de habilitação. Não haverá aumento de pena porque o motorista prestou socorro. O acidente ocorreu na altura do bairro Rua do Fogo, próximo a um posto de combustíveis. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, Ninon Rose G. Freire, de 55 anos, foi atingida quando tentava atravessar a pista no sentido Cabo Frio. Por conta da violência da batida, partes do corpo ficaram espalhadas pela via.