Assine Já
quinta, 21 de outubro de 2021
Região dos Lagos
20ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
tiroteio

Morro do Limão tem segurança reforçada após suspeito ser morto em tiroteio

​Apesar disso, escolas do Jardim Esperança suspenderam as aulas nesta segunda (19) por precaução

19 agosto 2019 - 15h51Por Redação I Foto: Divulgação
Morro do Limão tem segurança reforçada após suspeito ser morto em tiroteio

O comando do 25º Batalhão da Polícia Militar (25º BPM) determinou o reforço na segurança na região do grande Jardim Esperança após um suspeito ter sido morto a tiros em confronto com policiais na noite deste domingo (18), no Morro do Limão. A assessoria do quartel afirmou que não ter conhecimento de nenhum ‘toque de recolher’ imposto pelo tráfico por causa da morte do suspeito.

Apesar disso, por questão de segurança, as escolas municipais Maria Daria Saldanha, Talita Hernandes Pereló, Wanda Pereira Roque e Marília Pleisant suspenderam as atividades nesta segunda-feira (19), pois ficam próximas do local onde foi registrado o confronto policial. Por conta disso, 2.123 alunos ficaram sem aulas neste começo de semana. Contudo, os postos de saúde e Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) funcionam normalmente.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 29 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições na porta de casa, de terça a sábado. Ligue já: (22) 2644-4698. *Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.

O tiroteio aconteceu depois que policiais militares receberam a informação de que o homem, que é apontado como o principal na hierarquia da facção criminosa que controla o tráfico no Morro do Limão distribuía drogas para os comparsas no antigo Lava Jato do local.

A equipe cercou o espaço e, segundo a ocorrência policial, foi recebida a tiros. No revide, o suspeito foi atingido e não resistiu aos ferimentos, depois de ter sido levado para o Hospital Otime Cardoso dos Santos. Com ele foi apreendido um revólver calibre 38 com quatro munições e 225 cápsulas de cocaína.

O caso foi registrado na 126ª DP (Cabo Frio), onde foi constatado que o homem tinha passagens anteriores pela polícia por porte Ilegal de arma de fogo, em 2012; homicídio qualificado, em 2013 e 2015 e roubo majorado em 2016.