Assine Já
quarta, 30 de setembro de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8382 Óbitos: 435
Confirmados Óbitos
Araruama 1653 103
Armação dos Búzios 495 10
Arraial do Cabo 252 15
Cabo Frio 2765 149
Iguaba Grande 684 36
São Pedro da Aldeia 1353 54
Saquarema 1180 68
Últimas notícias sobre a COVID-19
Idoso é morto a facadas por adolescente em Cabo Frio

Idoso é morto a facadas por adolescente em Cabo Frio

Vítima dos adolescentes, que confessaram o crime, tinha 83 anos 

26 fevereiro 2016 - 10h06Por Nicia Carvalho

Sentimento de choque e de justiça. Assim se manifestou a mãe, que não quis se identificar, dos adolescentes de 13 e 14 anos que mataram a facadas um idoso de 83 anos em um condomínio do bairro Jardim Caiçara, em Cabo Frio. Ela afirmou ontem não entender o porquê do crime, mas que deseja que eles sejam punidos pela violência. O assassinato aconteceu na noite da última quinta-feira, por volta das 23h, com uma faca de cozinha. A informação é da Polícia Civil.

– Estou triste e chocada com o que aconteceu. Eles eram pessoas boas. Eu estava lutando com eles para tirar das drogas e os dois faziam tratamento para dependência química. Não entendo o que aconteceu. Só pode ter sido as drogas. São meus filhos, mas se foram eles tem que ser punidos – contou.

Os adolescentes eram vizinhos de Sebastião Waldir Britto de Oliveira, que foi encontrado em uma rede na varanda da casa com 10 facadas no tórax e abdome. Ele era veranista na cidade. Amigo dos adolescentes há sete anos, Matheus Luis Couto, de 19 anos, afirmou estar em choque com a atitude dos jovens.

– Ambos estudavam, um deles começou a trabalhar recentemente e eles eram tranquilo. Nunca vi eles se meterem na vida de ninguém e o único problema dessa família era a droga, que eles estavam tentando resolver – defendeu.

A cunhada corroborou a opinião de Matheus sobre os jovens. Ela convive há seis anos com a família, mas também não quis se identificar.
– São meninos bons, educados. Tinha boa convivência com eles e estamos em choque. Há dois anos que a mãe está tentando tirá-los das drogas – contou.

O caso está na 2ª Promotoria de Justiça da Infãncia e Adolescência, que até o fechamento da edição, não havia proferido a decisão. Ambos podem

pegar até três anos de internação, como medida socioeducativa.

.

Arma na casa dos menores

O crime – De acordo com o delegado Carlos Abreu, da 126ª DP, os irmãos teriam matado o materialidoso como vingança por reclamações feitas, principalmente, em relação ao tráfico de drogas. Segundo ele, o crime foi premeditado. De acordo com o relato do adolescente de 14 anos, feito na presença da mãe, o idoso foi esfaqueado pelo irmão mais velho enquanto o mais novo o segurava. 

Segundo a polícia, a mulher de Sebastião estava dentro da casa quando o crime aconteceu. Ela informou que os menores haviam ido à casa minutos antes do crime pedir remédios com a intenção de matar o casal. A mulher teria dado os remédios e, por isso, não foi morta. Segundo a Polícia Militar, marcas de sangue foram encontradas dentro da casa em que os irmãos moravam e na roupa de um deles. 

Um pano de prato encontrado próximo ao local do crime foi reconhecido pela mãe dos adolescentes, segundo depoimento dela à polícia. Na delegacia, os menores confessaram o crime e informaram que a arma usada estava guardada dentro da casa.