Assine Já
segunda, 06 de julho de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
TEMPO REAL Suspeitos: 311 Confirmados: 3077 Óbitos: 182
Suspeitos: 311 Confirmados: 3077 Óbitos: 182
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 272 585 40
Armação dos Búzios X 265 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 954 58
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 1 479 16
Saquarema 16 493 30
Últimas notícias sobre a COVID-19
CRIMES NA QUARENTENA

Homicídios e roubos caem na região em abril

Letalidade violenta e assaltos estão em queda livre, segundo o ISP

28 maio 2020 - 17h52Por Rodrigo Branco

O período de quarentena fez recuar os índices de criminalidade na Região dos Lagos, segundo os dados referentes ao mês de abril, que acabam de ser divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP). Nos sete municípios que fazem parte da região, no mês passado, foram registrados 20 homicídios dolosos, índice semelhante aos do período pré-pandemia. A queda em relação a março, quando houve 37 homicídios dolosos, foi de 45,9%.

Os municípios que registraram o maior número de homicídios em abril foram Araruama e São Pedro da Aldeia, com cinco cada. Cabo Frio e Arraial do Cabo somaram três; Saquarema e Búzios, dois; e Iguaba Grande, nenhum.

Na modalidade ‘letalidade violenta’, que inclui, além dos homicídios dolosos, as lesões corporais dolosas, os latrocínios (roubos seguidos de morte) e as mortes por intervenção do estado (autos de resistência), a região teve 21 ocorrências, contra 37 em março (redução de 43%). O número também foi bem abaixo do registrado em janeiro e fevereiro, quando houve 35 e 36 ocorrências de letalidade violenta, respectivamente.

Nos últimos dois meses, houve apenas um auto de resistência, quando o policial militar mata em serviço; enquanto no primeiro bimestre, esse índice foi de 22 ocorrências.

Quanto aos roubos, as estatísticas seguem em queda livre, segundo o ISP. Apesar do afrouxamento na quarentena observado nas últimas semanas, março teve um total de 123 roubos em abril contra 164 no mês anterior, o que representa uma redução de 25%. Somente em 2020, é o quarto mês seguido com redução no número de assaltos: foram 243 em janeiro e 206 em fevereiro.

Em abril, apesar de a quantidade de roubos a pedestres ter sido menor do que a média de meses anteriores, foi a modalidade com o maior número de ocorrências: 37. As delegacias da região ainda registraram 25 roubos de celular e 22 de veículos.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa. Ligue já ou envie mensagem pelo WhatsApp: (22) 99933-2196.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.