Assine Já
sexta, 18 de setembro de 2020
Região dos Lagos
30ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7654 Óbitos: 398
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2467 130
Iguaba Grande 627 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 61
Últimas notícias sobre a COVID-19
homicidios

Homicídios dobram em um mês em Cabo Frio

Com 12 assassinatos, agosto é o mês mais violento na cidade desde o fim do verão

04 outubro 2017 - 10h24Por Rodrigo Branco
Homicídios dobram em um mês em Cabo Frio

O número de homicídios dolosos em Cabo Frio dobrou entre julho e agosto, passando de seis para 12. O dado está no mais recente relatório sobre índices de criminalidade divulgado nesta segunda-feira pelo Instituto de Segurança Pública (ISP). A marca é a terceira maior de 2017 até o momento, perdendo apenas para março (18) e janeiro (14), durante a alta temporada, quando a cidade recebe um público de três a quatro vezes maior que a própria população. 
Se na comparação com agosto do ano passado, quando aconteceram15 assassinatos, até houve queda, a situação é bem diferente quando se leva em conta o acumulado ao longo de oito meses. De janeiro a agosto de 2016, o ISP registrou 69 mortes violentas na cidade. No mesmo período deste ano já foram 85. Isso representa um aumento de 23%.
Na outrora pacata Arraial do Cabo, as estatísticas também chamam a atenção. Com os dois homicídios dolosos ocorridos em agosto, em 2017, já são 15 anotações desse tipo de crime. É mais do que o registrado em todo o ano passado, quando houve 11 assassinatos. Nos oito primeiros meses de 2016, segundo o ISP, foram oito mortes violentas em solo cabista. No mesmo período deste ano, a soma é quase o dobro.  
Em Búzios, a situação é semelhante. Os dois primeiros quadrimestres de 2017 somaram 13 homicídios, o mesmo número registrado em todo o ano passado. Em São Pedro, o acumulado janeiro-agosto teve um ligeiro aumento de um ano para outro. Em 2016, foram 27 mortes violentas contra 32 este ano (acréscimo de 18%).
Procurado, o comandante do 25º Batalhão da PM, tenente-coronel André Henrique de Oliveira, não se manifestou.

Roubos e furtos 
também têm salto

O mês de agosto não foi complicado apenas quanto ao número de homicídios. Indicadores importantes como roubos e furtos também tiveram aumento expressivo de um mês para o outro. Em julho, o total de roubos em Cabo Frio foi 78. No mês seguinte, foram 110, o que representa um aumento de 41%.

 

* Confira matéria completa na edição impresa da Folha dos Lagos desta quarta (4).