domingo, 03 de março de 2024
domingo, 03 de março de 2024
Cabo Frio
23°C
Park Lagos mobile
Polícia

Homens assassinados no Jardim Peró são reconhecidos como estupradores de universitária

Ao lado dos corpos, bilhete: "tá aí os 2 que estuprou (sic) a mulher Andresa"

07 maio 2019 - 09h39
Homens assassinados no Jardim Peró são reconhecidos como estupradores de universitária

A estudante universitária Andreza Nascimento reconheceu como autores do estupro coletivo que sofreu na última quinta-feira os dois homens encontrados mortos no sábado no Jardim Peró, Cabo Frio. Ao lado dos corpos, um bilhete anunciava que eram eles os estupradores - uma das 'leis' do tráfico é a proibição de estupro e quem não 'obedece', geralmente paga com a própria vida. 

Andreza foi estuprada por três homens, durante quatro horas, dentro de um carro. Segundo ela, o sequestro aconteceu quando saía de casa, em São Pedro da Aldeia. Ela estava com um amigo, que foi colocado no porta-malas. Os estupradores rodaram com Andreza por diversos locais de Cabo Frio, enquanto abusavam dela. No trajeto, chegaram a assaltar uma lanchonete. 

A jovem relatou nas redes sociais a tortura que sofreu e contou que, após abusarem dela, a jgaram no porta malas, junto com o amigo e fugiram. Na sequência, as duas vítimas conseguiram escapar e pedir socorro, até serem salvos por policiais militares.