Assine Já
terça, 07 de julho de 2020
Região dos Lagos
26ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
TEMPO REAL Suspeitos: 311 Confirmados: 3077 Óbitos: 182
Suspeitos: 311 Confirmados: 3077 Óbitos: 182
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 272 585 40
Armação dos Búzios X 265 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 954 58
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 1 479 16
Saquarema 16 493 30
Últimas notícias sobre a COVID-19
Rayzza

Delegado vai usar imagens de câmeras para tentar esclarecer morte de Rayzza

Jorge Velloso acredita que autor seja ligado ao tráfico de drogas

01 junho 2016 - 10h11Por Gabriel Tinoco
Delegado vai usar imagens de câmeras para tentar esclarecer morte de Rayzza

Velloso:  "Hoje (amanhã), devemos ter alguma coisa nova sobre o assassinato (Reprodução)

Após os clamores pela prisão do assassino de Rayzza Ribeiro, jovem esquartejada na semana passada em São Pedro da Aldeia, a polícia acredita que haverá avanço nas investigações nas próximas 24 horas. De acordo com o delegado da 125ª DP (São Pedro), Jorge Veloso, imagens de câmeras de prédios e relatos de testemunhas podem ajudar a elucidar o caso. Veloso suspeita que um traficante tenha sido o autor do assassinato.

– Hoje (amanhã) devemos ter alguma coisa nova sobre o assassinato. Descobrimos algumas pistas com imagens das câmeras, mas precisamos de mais coisas para poder prender o criminoso. Vejo bastante possibilidade do envolvimento de um traficante na morte dela – afirmou.

O delegado ainda acredita que o traficante tenha violentado a menina.

– Se ela teve alguma relação forçada antes de morrer, o traficantes muito provavelmente está envolvido – pontuou o delegado.

Pressão – Após solucionar o caso de Daiana Borges, morta a facadas pelo ex-noivo, a pressão do movimento de mulheres continua sobre as costas do delegado. As manifestantes fizeram ato no início da semana e os pedidos da prisão do assassino foram os gritos mais constantes no centro de Cabo Frio.

Quem discursou na manifestação, inclusive, foi a mãe da própria Rayzza: Vania Souza cobrou ações imediatas da Polícia Civil para fazer justiça ao assassinato da filha. Parentes e amigos da jovem também compareceram e cobraram a prisão do criminoso.

Outro protesto em memória da vítima está marcado para São Pedro: na Praça do Canhão, no Centro, às 10h, neste domingo (5). O movimento também luta contra o feminicídio (morte de mulheres) na Região dos Lagos. Os dois atos foram organizados na mesma semana da morte da menina.

O caso de Daiana Borges, no entanto, foi desvendado no dia seguinte à morte. O ex-noivo Rodrigo Alves foi preso pela Polícia Civil de São Pedro da Aldeia. A família de Daiana afirmou que a mulher recebia ameaças constantes do ex.

A técnica de enfermagem foi sequestrada na saída do plantão numa manhã do domingo. Imagens de câmeras identificaram a vítima sendo forçada a entrar no carro. Logo depois, foram encontradas manchas de sangue no veículo que teria sido lavado.