Assine Já
sexta, 30 de julho de 2021
Região dos Lagos
18ºmax
10ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46181 Óbitos: 1868
Confirmados Óbitos
Araruama 11325 353
Armação dos Búzios 5463 57
Arraial do Cabo 1574 87
Cabo Frio 12663 757
Iguaba Grande 4763 115
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
Polícia

Corpos de casal desaparecido são localizados em Cabo Frio

Ambos tinham marcas de tiro e encontravam-se em estado de decomposição

14 junho 2019 - 09h43
Corpos de casal desaparecido são localizados em Cabo Frio

Foram encontrados na tarde de ontem, nas proximidades do conjunto residencial Minha Casa, Minha Vida, no Parque Eldorado, Jardim Esperança os corpos do casal do casal  Francisco José da Costa e Débora Alves, que estava desaparecido desde o começo da semana. Eles moravam no conjunto, de onde foram retirados por homens armados. 

Segundo o delegado-titular da 126ª DP, Sérgio Caldas, os corpos tinham marcas de disparos de arma de fogo e encontravam-se em estado razoável de decomposição, pelo tempo em que o crime aconteceu. Um homem que ajudava nas buscas, encontrou os cadáveres e avisou aos policiais. 

Uma força-tarefa, com direito ao uso de drone cedido pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) foi montada para as buscas. Um especialista em mata, conhecido como mateiro, também foi requisitado.

A Guarda Marítima Ambiental e outros órgãos da Prefeitura de Cabo Frio se uniram às buscas e se encaminharam para o local no início da tarde de ontem. Apesar dos esforços, o trabalho ainda durou muitas horas.

Caso é mistério – Desde anteontem diversos policiais civis e militares realizavam buscas na mata do entorno do residencial. Na tarde de terça-feira, a notícia de que um casal havia sido assassinado na frente do filho de nove anos e depois esquartejado tomou as redes sociais. 

Até então, a ausência dos corpos tornava o caso mais complicado.

– Nós só podemos confirmar os homicídios depois de encontrar os corpos. Mas as evidências são absolutas. Localizamos num dos locais suspeitos uma fronha com marcas de sangue. Tem a palavra do filho de sete anos que eles foram arrancados à força do imóvel, existe a informação verídica de que a origem deles é de uma comunidade de uma determinada facção, ali é outra... A perícia já foi feita no local e a gente está tratando como homicídio informalmente, mas precisamos encontrar os corpos – informou na terça-feira  o delegado titular da 126ª DP, Sérgio Caldas, que mantém a mesma linha investigativa.

Segundo relatos, o filho do casal apareceu na casa de familiares do bairro Guarani na terça-feira de manhã para pedir ajuda. Ele contou que homens armados invadiram a casa, agrediram os pais e disseram que os levariam para um lugar conhecido como “areal”.  Na perícia realizada ontem no apartamento, a polícia encontrou marcas de sangue e objetos remexidos, com alimentos espalhados pela cozinha. Segundo informações, o apartamento teria sido furtado. 

Segundo os familiares, por volta das 7 horas de terça-feira o filho do casal, que tem apenas 9 anos e que também mora no Condomínio Monte Carlo em Jardim Esperança,   apareceu na casa de parentes no bairro do Guarani, Cabo Frio, sozinho, pedindo ajuda, afirmando que homens armados invadiram a sua casa agredindo seus pais, afirmando que iriam para o “areal”.

 

*Foto: RC 24h