Assine Já
segunda, 21 de setembro de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
PM

Comandante da PM quer tirar armas de circulação para frear homicídios

Tenente-coronel disse ainda que vai apurar caso de agressão no Jardim Esperança

16 maio 2017 - 09h20Por Gabriel Tinoco
Comandante da PM quer tirar armas de circulação para frear homicídios

No momento em que o Rio é escolhido como “laboratório” ao plano de combate à criminalidade do Planalto, as cidades da Região dos Lagos registram o 15º homicídio em 15 dias de maio. O comandante do 25º Batalhão, André Henrique de Oliveira, crê que a retirada de armas de fogo (causadora de todas as mortes) de circulação irá colaborar na contenção da onda de violência. O tenente-coronel também aposta no enfraquecimento do tráfico de drogas para impedir os assassinatos.

No fim de semana das Mães, cinco mortes (duas em Cabo Frio e três em Búzios) aumentaram consideravelmente o número de assassinatos cometidos na Região dos Lagos.

– Temos tirados armas de circulação para evitar os homicídios. Mas, com certeza, os casos vão ser elucidados pela Polícia Civil. A maioria dessas mortes é por armas de fogo e tráfico de drogas. Também temos, inclusive, uma ocorrência de presos por tráfico de drogas. Todo dia tem flagrante – lembra o comandante do Batalhão.

O tenente-coronel também pede que a população colabore na prevenção às drogas.

– Se não tiver prevenção, as pessoas vão consumir, vai ter traficante, vai ter arma... É uma máquina que se retroalimenta. A onda de violência, assim, não irá parar – lamenta ele.

Em 2014, a Secretaria Estadual de Segurança Pública registrou 23 homicídios somente em Cabo Frio no mês que ficou conhecido como ‘maio sangrento’– que bateu o recorde negativo desde 2002. Neste mês, a cidade tem uma onda de violência um pouco menor: sete mortes por armas de fogo. Na quinzena, foram quatro em Búzios, duas em Arraial do Cabo, uma em São Pedro e uma em Iguaba Grande.

PM irá apurar caso de abuso de autoridade

Após o vídeo que causou revolta nas redes sociais, o comandante do 25º BPM (Cabo Frio), André Henrique de Oliveira, promete apurar a denúncia de abuso de autoridade de dois policiais contra uma menor de idade no Jardim Esperança, no último domingo (14).

A confusão começou na Avenida Ézio Cardoso da Fonseca. Os policiais afirmaram que um motociclista teria estacionado ao ver a blitz. Durante a discussão, os PMs acusaram o casal de desacato e desferiram coronhadas em uma menor de idade que estava na carona – a menina saiu algemada, com o rosto todo ensanguentado.

– Vamos apurar o caso administrativamente e a Polícia Civil irá investigar. O caso foi apresentado na delegacia. Se houve exagero, pode ser considerado até crime militar – afirma o comandante da PM A redação da Folha tentou entrar em contato com o delegado, mas ele não atendeu as ligações.