Assine Já
quinta, 09 de julho de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 304 Confirmados: 3297 Óbitos: 192
Suspeitos: 304 Confirmados: 3297 Óbitos: 192
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 266 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 1016 62
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 1 528 19
Saquarema 7 528 31
Últimas notícias sobre a COVID-19
Suspeito

Acusado de desviar R$ 1,5 milhão do INSS é preso em Araruama

Além dele, polícia investiga a participação de outros cinco suspeitos

29 setembro 2015 - 12h22

Um dos acusados de desviar R$ 1,5 milhão do INSS foi preso pela Polícia Federal, em Araruama, neste sábado (26). De acordo com a polícia, os desvios ocorreram através de fraudes nos benefícios de pensão por morte. Além dele, os policiais também prenderam a sua companheira, que estava declarada como morta segundo um falso atestado usado para obter a pensão.

O homem recebia um benefício mensal no valor de R$4.663,75 obtido por meio de inclusão de contribuições e da utilização do atestado falso há oito anos. Ele estava foragido com mandado de prisão preventiva e já responde judicialmente por outras fraudes. No local onde ele foi preso, a polícia também encontrou um revólver calibre 38.

As investigações do Inquérito Policial apontam que outras cinco pessoas participavam do esquema, que conseguiam benefícios de pensão por morte com base em falsos atestados de óbito.

O acusado e a companheira foram indiciados por formação de quadrilha, falsificação de documento público, estelionato e falsidade ideológica. No total, as penas podem chegar a 15 anos de prisão.