Assine Já
terça, 02 de junho de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
13ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 1007 Confirmados: 1194 Óbitos: 100
Suspeitos: 1007 Confirmados: 1194 Óbitos: 100
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 41 288 27
Armação dos Búzios 415 103 1
Arraial do Cabo 1 46 9
Cabo Frio 496 379 25
Iguaba Grande 42 93 13
São Pedro da Aldeia 6 107 8
Saquarema 6 178 17
Últimas notícias sobre a COVID-19
Violência

Um novo olhar...

09 maio 2014 - 13h22

Não seria uma espécie de tributo a Fernando Arrabal e ao teatro do absurdo. Estamos, de fato, vivendo um conflito sem precedentes: o tráfico contra o tráfico, separados por facções, por interesses de dominação e tal e coisa. Temos o medo, a apreensão, a violência e a tensão como companhias. Mas o outono está muito além de todo este pacote de maldade. Este outono nos recomenda o paradigma da sobrevivência, sugere o olhar infinitamente poético, mesmo em meio a esta guerra. O sol tem brilho inigualável, os dias são sucessivamente  mais belos

O azul do mar é diferente, a areia, o vento... sei lá. A florada das aroeiras pincela a cidade de vermelho aqui e acolá. E o cair da tarde – e noite – mostram bem a estação do frio que está por vir. Precisamos de um novo encantamento, precisamos reinventar a nossa alegria, porque a dor de tantas mãos violentas não deixa a gente ser feliz. Mas temos que insistir. Assim como na obra de Arrabal, precisamos armar o nosso ‘Piquenique no Front’.