Assine Já
sábado, 19 de setembro de 2020
Região dos Lagos
31ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
trote

Número de trotes aumenta e atrapalha os Bombeiros

Ligações falsas representam 35% das chamadas recebidas

10 março 2015 - 10h38Por Nicia Carvalho
Número de trotes aumenta e atrapalha os Bombeiros
Em meio às tribulações do dia a dia para exercer a função de socorrer, o 18º Grupamento de Bombeiro Militar (GBM), sediado em Cabo Frio e que abrange as cidades da Baixada Litorânea, encontra mais um elemento que dificulta o trabalho: o trote. As ligações, que aumentam na baixa temporada, representam 35% das chamadas recebidas pela corporação.
– Recebemos esse tipo de ligação todos os dias. Apesar do toda a triagem que fazemos, ainda há casos de a equipe se deslocar e quando chega ao local constata que não havia nada – criticou o tenente-coronel Leonardo Couri, comandante da corporação.
Segundo ele, na baixa temporada o número cresce por causa do período escolar e geralmente as ligações falsas são feitas por crianças e adolescentes. Ao longo do ano, são feitos 25 falsos avisos de socorro. Mas, de acordo com o comandante, o número pode ser maior, já que nem toda chamada se transforma em falso aviso. Neste fim de semana, por exemplo, ao verificar as ocorrências no quartel, a reportagem da Folha foi informada que não havia registros, apenas de uma chamada, que era trote.
– Com a triagem conseguimos identificar algumas destas ligações e como a equipe não chega a sair do quartel não entra para essa estatística. Só quando a unidade de socorro se desloca – explicou. 
Para tentar minimizar os efeitos deste tipo de ação, o comandante explicou que segue alguns parâmetros para confirmação do socorro.
– Prejuízo é enorme para a própria população porque impede uma resposta mais rápida e eficiente num chamado real já que uma viatura, com equipe está atendendo uma ocorrência falsa – exemplificou, acrescentando que quando o falso aviso é confirmado, a identificação é encaminhada para a autoridade policial. 
De acordo com o Código Penal, a punição para quem pratica este tipo de atitude é detenção de seis meses a um ano ou pagamento de multa.