Assine Já
segunda, 09 de dezembro de 2019
Região dos Lagos
27ºmax
17ºmin
Apartamento
AP REC BANNER
pároco

Igreja Católica de Cabo Frio terá novo pároco

Padre Marcelo Chelles será apresentado na Paróquia Nossa Senhora da Assunção

02 julho 2014 - 14h17Por Rodrigo Branco
Igreja Católica de Cabo Frio terá novo pároco

Os fiéis da Paróquia Nossa Senhora de Assunção, de Cabo Frio, terão a partir de julho um novo pároco. O padre Marcelo Chelles Moraes substituirá seu colega, padre Valdir Mesquita Ferreira Lima, que está de partida para os Estados Unidos, onde atuará como missionário junto a uma comunidade brasileira em Boston. A missa de apresentação do novo vigário está marcada para a próxima segunda-feira, dia 7, às 19h, na Igreja Matriz Auxiliar, com a presença do responsável pela Arquidiocese de Niterói, o arcebispo Dom José Francisco Rezende Dias.

Porém, essa é apenas uma das mudanças implantadas pela Mitra Arquidiocesana em algumas cidades cujas igrejas estão sob a sua responsabilidade, entre elas São Gonçalo e Itaboraí, na Região Metropolitana. Na Baixada Litorânea, as alterações chegaram às Paróquias de Nossa Senhora da Esperança, no Jardim Esperança, e de São Pedro, em São Pedro da Aldeia.

Na primeira, após um período de três meses durante o qual as missas foram celebradas por sacerdotes de cidades vizinhas, o posto será assumido definitivamente pelo padre Rafael da Costa Santana, a partir de hoje, durante missa de apresentação, também às 19h. Ele ocupava a função de vigário paroquial em São Pedro, cargo a ser ocupado pelo sacerdote recém-ordenado Humberto dos Santos Marins, que terá, entre outras funções, auxiliar o pároco titular, padre Helcimar Sardinha.

Enquanto as mudanças não se concretizam, católicos aguardam com ansiedade a chegada dos novos vigários.

– A gente está bastante feliz porque sabe que ele é muito bom. Vai levantar nossa paróquia. O tempo que ficou sem padre, as pastorais deram uma desanimada, mas agora tudo vai melhorar.  A comunidade está muito animada – comentou Stefani Gabriele,  que trabalha na secretaria da Paróquia Nossa Senhora da Esperança, que integra a comunidade do Jardim Esperança.

Segundo a Arquidiocese, outros remanejamentos serão feitos para o segundo semestre e divulgados em breve. As alterações são periódicas e decididas pelo arcebispo em conjunto com o Conselho Presbiterial, segundo critérios administrativos, espirituais e pastorais.