Assine Já
terça, 11 de agosto de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
15ºmin
Alerj
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 5034 Óbitos: 292
Confirmados Óbitos
Araruama 838 59
Armação dos Búzios 372 9
Arraial do Cabo 120 12
Cabo Frio 1673 97
Iguaba Grande 393 25
São Pedro da Aldeia 759 39
Saquarema 879 51
Últimas notícias sobre a COVID-19
incêndio

Bombeiros dependem apenas da Ampla para apagar totalmente o incêndio

Terreno no Caiçara pegou fogo no começo da tarde

24 julho 2015 - 16h48
Bombeiros dependem apenas da Ampla para apagar totalmente o incêndio

O Corpo de Bombeiros depende apenas da chegada de funcionários da Ampla para terminar de apagar o incêndio que se espalhou, no início desta tarde, por um terreno na Rua Inglaterra, Jardim Caiçara. Segundo o major Torres, encarregado da operação, é necessário que se desligue a energia elétrica por conta da quantidade de fios expostos e ligações clandestinas existentes no principal acesso ao terreno.

– É um terreno difícil de acessar, a entrada é por uma portinha onde estão muitos fios energizados, gatos de luz. Chamamos a Ampla desde o início da operação, mas até agora nada – disse ele, por volta das 17h15.

O fogo começou, segundo vizinhos, porque o proprietário do terreno estava queimando fios de cobre. "É um terreno em que ele guarda entulhos, tudo o que cata na rua. Tem papelão, fiação, tudo", disse uma moradora do bairro, que não quis se identificar. Os bombeiros precisaram da água de quatro caminhões da corporação e mais um da Prolagos para conter as chamas. O major Torres estima que foram necessários 50 mil litros de água, em um processo que já dura mais de duas horas. 

Quando os funcionários da Ampla desligarem a energia, os combatentes poderão acessar o terreno e dissipar a fumaça e os pequenos focos que restaram. A situação já está sob controle, ninguém se feriu, e não há novos riscos. A Rua Inglaterra está interditada pela Guarda Municipal no trecho entre as ruas Suíça e Noruega.

Mais informações na edição deste sábado da Folha dos Lagos.