Assine Já
quarta, 11 de dezembro de 2019
Região dos Lagos
25ºmax
19ºmin
Apartamento
AP REC BANNER
balnearia

Balneário do Vinhateiro: um bairro na fronteira da omissão

Leitor denuncia precariedade no serviço público pelo Whatsapp da Folha e cobra prefeitura de São Pedro, que afirma que ruas pertencem a Cabo Frio

23 julho 2014 - 10h37Por Rosana Rodrigues
Balneário do Vinhateiro: um bairro na fronteira da omissão

Um impasse toma conta de uma área limítrofe que divide os municípios de São Pedro da Aldeia e Cabo Frio. E quem fica sem os principais serviços públicos, que deveriam ser executados por uma das duas prefeituras, são os moradores das ruas das Tainhas e dos Dourados, no bairro Balneário do Vinhateiro.  Segundo a moradora Milena Pereira, as vias, que foram castigadas pelas últimas chuvas, não recebem qualquer assistência do poder público. De acordo com a Secretaria de Obras de São Pedro da Aldeia, nenhuma das duas vias faz parte do cadastro imobiliário da cidade.

Milena se indigna com a posição do secretário Wilmar Mureb, já que na última quarta-feira (16), ele esteve na Associação de Moradores do Vinhateiro e informou que as ruas pertencem ao bairro Balneário do Vinhateiro, e que as verbas para a execução do projeto de saneamento, drenagem e pavimentação estão incluídas somente no orçamento de 2015.

- A nossa associação seria a do Balneário do Vinhateiro, que é de São Pedro da Aldeia, juntamente com Ponta do Ambrósio. A equipe da prefeitura nos informou que assim que a intervenção com máquinas  nos bairros Balneário das Conchas e do Alecrim, que também sofreram com as chuvas, terminasse, elas seriam levadas para o nosso bairro – comentou a dona de casa.

A moradora observa ainda que a Rua das Tainhas fica numa baixada, o que agrava ainda mais o trânsito pela via. Segundo ela, quando chove muito, o terreno demora cerca de 10 dias para secar.

- Quem necessita de cadeiras de rodas para se locomover tem que esquecer de sair de casa porque o local fica intransitável.

Para a moradora a declaração do secretário de que a sua rua não fica localizada em São Pedro da Aldeia é inacreditável, já que a rua é muito extensa, pois tem início no bairro e termina na Avenida Wilson Mendes.

- É inacreditável que ele não saiba disso! Eu pago IPTU da prefeitura de São Pedro e tenho como comprovar. Eles querem arrecadar aqui e não prestar serviço público – indigna-se a dona de casa.