Assine Já
sábado, 11 de julho de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 344 Confirmados: 3386 Óbitos: 195
Suspeitos: 344 Confirmados: 3386 Óbitos: 195
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 272 7
Arraial do Cabo 16 84 11
Cabo Frio X 1035 63
Iguaba Grande 12 241 20
São Pedro da Aldeia 10 530 19
Saquarema 32 566 33
Últimas notícias sobre a COVID-19
xo

Xô: motivos de sobra para amar

Festa da Folha dos Lagos provoca grande expectativa nos cabofrienses

30 novembro 2016 - 10h13
Xô: motivos de sobra para amar

Dentre tantas edições, é difícil escolher só um motivo para marcar presença na ‘Xô, Ano Velho – A Festa da Paz’, que será realizada no próximo dia 14, no Tamoyo Esporte Clube, no centro de Cabo Frio. Os relatos daqueles que participaram garantem: o clima de confraternização é o principal ingrediente da principal festa de fim de ano da cidade.

 A costureira Nanci Amorim, 59, viu a festa aproximar o irmão e a cunhada há mais de uma década.

 – Gosto muito da alegria, do encontro de muito amigos. É a melhor festa do ano. Minha irmã conheceu meu cunhado na festa da folha há 12 anos. Hoje, eles têm um filho de 9 anos. A Xô é um encontro mesmo.

Já Gilson da Costa, 50, escolhido para ser coordenador de fiscalização fundiária no ano que vem, marca presença em todo evento por causa da tranqüilidade.

– O que mais gosto é justamente o que a Folha proporciona em todas as festas: alegria e tranqüilidade. Tudo que é acordado é cumprido. Lá, vocês atendem bem. Dá para brincar bastante. Isso que me faz ir aos eventos da Folha – conta.

Há também quem não esteja fora de uma festa. É o caso do comerciante Alexandre Martins, 42, que comprou 20 camisas pelo ambiente familiar da Xô.

– Gosto muito das músicas da festa, que são tocadas ao vivo. Não tem garotada, é uma festa mais família. Gosto desse tipo de ambiente. Estive na Xô em 15 anos consecutivos, com exceção do ano passado. Comprei tantas camisas para poder levar a família toda.

 O engenheiro Marco Antonio Pereira, 62, freqüentou várias edições e está ansioso por mais uma festa com muita animação.

 – A animação do pessoal. Gosto da confraternização com as pessoas da idade e da esperança de um bom ano novo. Descarrega tudo que saiu do ano velho. Por isso que é ‘xô’ – comenta.

A advogada Flávia Garcia, 42, precisou pensar para escolher qual o melhor atrativo.

- Gosto muito do ambiente, da música. De tudo em modo geral. O que é servido na festa é muito bom – afirma.

A jornalista Elizabeth Barbosa, 56, considerou a festa como perfeita. – Gostei de tudo. A festa é muito boa: animação, as pessoas, a comida... Tudo estava perfeito.

O aposentado Jorge Braga, 64, nunca esteve na festa, mas ouviu bons comentários sempre. Ele escutou elogios em todos os aspectos do evento.

– Vi no Facebook que teria essa festa. Quando morava no Rio, sempre via pela internet. Vou aproveitar para ver como é. Espero muita alegria. Deve ser uma festa bacana, com muita comida, bebida, confraternização e um baile legal. Disseram que os músicos são muito bons – prevê.

Outro que está com muita expectativa pelo que ouviu falar da Xô é o advogado Vitor Elias, 37. – Nunca fui porque trabalhava em Búzios. Como estou trabalhando em Cabo Frio agora, terei a chance. As pessoas sempre falam bem da festa. Espero uma confraternização ao estar com os amigos. Além de, é claro, comida bem servida – diz.