Assine Já
quarta, 27 de outubro de 2021
Região dos Lagos
24ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52450 Óbitos: 2151
Confirmados Óbitos
Araruama 12382 441
Armação dos Búzios 6530 73
Arraial do Cabo 1736 93
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6993 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
ESPERANÇA

"Xô 2020": fim da pandemia; vacina e volta por cima na economia são pedidos para o Ano Novo

Folha ouviu personalidades; lideranças e comunicadores da região

31 dezembro 2020 - 17h11Por Rodrigo Branco
"Xô 2020":  fim da pandemia; vacina e volta por cima na economia são pedidos para o Ano Novo

Já se tornou um triste clichê dizer que 2020 não deixará saudades. Exatamente por isso, não é pouca a expectativa sobre o Ano Novo, seja com relação à vacina contra a Covid-19, ainda em processo de certificação pelo Governo Federal, seja com relação à entrada dos novos prefeitos, a partir de amanhã. Por esse motivo, a Folha ouviu desejos e expectativas de lideranças, personalidades e comunicadores da região para o ano que vem.

No caso dos profissionais de imprensa, uma vontade em comum é, sem dúvida, dar um número bem maior de boas notícias para o público. O jornalista, comunicador e locutor esportivo Sidnei Marinho, por exemplo, deseja um ‘ano vacinado’ para toda a população.

- O que a gente mais deseja é saúde. Quem conviveu, como nós aqui em casa, com a Covid, entende o quanto ela é dura, maldosa e pega a agente no nosso ponto fraco. Estamos sofrendo muito com os amigos e as famílias que estão perdendo seus entes queridos. Graças a Deus, aqui passamos pela prova, mas, nesse cenário, a gente é levado a entende que saúde é o nosso maior patrimônio. Ao mesmo tempo, é um ano que vem coroado de esperanças de mudança na nossa região. As administrações novas em Cabo Frio, Búzios, São Pedro e Arraial nos fazem retomar uma esperança de que o nosso povo possa ter uma condição melhor de vida  ̶ deseja.

Para a jornalista e comunicadora Keetherine Giovanessa, o ano que está no fim serviu para exercitar a empatia com o próximo. Mas para além da cura da alma, a locutora espera a volta à normalidade, em segurança.

- Para 2021 quero saúde para minha família e todas as pessoas. Que a cura para o coronavírus seja uma realidade e possamos voltar ao convívio normal o quanto antes. Uma coisa que aprendemos nessa pandemia é viver o hoje, demonstrar cada vez mais nossos sentimentos às pessoas que amamos e exercitar o perdão. Então, meu desejo para o próximo ano é que as pessoas realmente vivam, aproveitem e não se esqueçam que aqui é só um ‘passeio’ e temos que saber aproveitá-lo ̶ disse.

O empresário Renato Marins espera que o período difícil traga mais solidariedade para os homens; sentimento que ele mesmo exercitou este ano, ao doar pães e leites para pessoas que viveram dificuldades financeiras em meio à pandemia. 

- Nosso desejo é que isso tudo nos traga uma lição e que as pessoas procurem mais ser solidárias, e a compreender a necessidade de olhar para as pessoas menos favorecidas. Que as pessoas se irmanem mais e se coloquem no lugar do outro, colaborando e fazendo um exame de ética. Quem faz um mundo melhor somos nós ̶ declarou o empresário.

Desejos por melhorias econômicas e por volta às aulas segura 

Na expectativa para que Cabo Frio deixe os maus momentos para trás, lideranças de setores econômicos aguardam que os próximos 12 meses signifiquem um novo tempo para a cidade. A saúde, no entanto, está em primeiro lugar.

- Espero que essa pandemia para as pessoas voltarem a trabalhar sem medo. Que a nossa cidade respire Turismo plenamente, com segurança e que todos possamos trabalhar em paz. Queremos esperança de dias melhores, que as pessoas tenham mais consciência, para a preservação da nossa cidade ̶ declarou a presidente do Convention e Visitors Bureau, Maria Inés Oliveros.

Em um ano em que as vagas formais de trabalho se esvaíram por causa da crise financeira quase sem precedentes, o empreendedorismo deu as caras com maior força.

A coordenadora regional do Sebrae, Ana Cláudia Vieira, celebrou a reinvenção e a resiliência de quem não deixou a peteca cair.

- A gente espera que todos possam dar a volta por cima, que a economia possa se recuperar. O turismo foi o setor mais prejudicado pela pandemia, só que com a demanda reprimida ele desponta como o mais promissor, porque as pessoas estão precisando viajar. Espero que a nossa região se prepare pra isso, que a gente possa ter boas parcerias, e os empresários se mantenham no mercado da melhor maneira possível ̶ almeja.

De saída da função de presidente da Associação de Arquitetos e Engenheiros da Região dos Lagos (Asaerla), Luis Sérgio Santos mostra esperança em dias melhores para a região, agora com novas administrações.

- Que o novo governo faça o que precisa ser feito. Uma cidade rica, com todas as belezas naturais que temos, viver nessa piada. Nos somos a região ABC, como diz o Convention, todos estamos ligados uns aos outros. Se um não está bem, o outro também não vai ̶ avalia.

O fim dos atrasos salariais, comuns nos últimos cinco anos, é a esperança dos servidores municipais de Cabo Frio. Direito básico, o pagamento virou sonho de consumo para o novo ano.

Para a Educação em especial, a volta às aulas em segurança também faz parte dos pedidos. 

- Meu desejo que é o da maioria da categoria é que a gente tenha uma vacina o mais breve possível para que a gente tenha segurança para voltar às aulas. Que as escolas não reabram com aula presencial enquanto não houver segurança. Em relação ao Cabo Frio, que haja pagamento em dia. Com respeito a todos, sem fracionamentos, que trazem um desigualdade muito injusta ̶ manifestou-se a coordenadora geral do Sindicato dos Profissionais da Educação, Cíntia Machado.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.