Assine Já
sábado, 16 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
Vila Nova

Vila Nova: abandono e violência assustam moradores

Bairro apresenta problemas com iluminação, segurança e buracos

29 setembro 2016 - 18h32Por Texto e foto: Gabriel Tinoco
Vila Nova: abandono e violência assustam moradores

Os moradores do bairro Vila Nova, um dos bairros que mais hospeda turistas na cidade, pedem socorro. A insegurança que se alastrou pelo local assusta os moradores. Também houve quem pedisse pela poda das árvores para melhorar a iluminação pública pelas desertas ruas. Para piorar a situação, os buracos nas calçadas e nas pistas também são um tormento para motoristas e pedestres no bairro.


O comerciante Ricardo Rocha, 35, vê a insegurança como o problema a ser resolvido com mais urgência na Vila Nova.
- Tem muito assalto por aqui. No mês passado, por exemplo, assaltaram uma moça. Hoje em dia o bairro está muito perigoso. As ruas são muito desertas. Até há policiamento, mas nem sempre resolve - reclama.


A autônoma Fábia Pereira, 42, também quer mais segurança. Ela já presenciou jovens armados na porta de casa.
- Há muito assalto. Estou me sentindo como se estivesse num pedaço abandonado. No momento, é a questão mais crítica do bairro. À noite, venho deixar o lixo aqui na frente de casa e já vi uma garotada com arma na cintura. Para não dizer que foi um caso isolado, conversei com os vizinhos e eles também disseram que já viram. O governo deveria podar as árvores. A noite fica tudo deserto.  Se passar pelo cruzamento entre as ruas Francisco Paranhos e Sergipe, verá como estão escuras. Uma pessoa que volta para casa a pé poderá ser assaltada ou até coisa pior – comenta.


Um borracheiro, que preferiu não se identificar, está cheio de serviço por causa dos buracos que se espalharam pelo bairro.
 - O mais difícil é não achar buraco nessas ruas. Por aqui, só tem buraco e esgoto a céu aberto. De vez em quando chega um cliente que estourou o pneu do carro por aqui. Eu mesmo já perdi duas rodas por causa dos buracos - opina.


As crateras também incomodam o autônomo Jorge Luiz Oliveira, 48, que listou os locais dos buracos.
- O principal problema daqui são os buracos que deixaram no meio do caminho. Aqui na Rua Jorge Lóssio, mais à frente, quase no Braga, tem um enorme. Mesmo assim, ninguém faz nada. A Rua Alexis Novellino também está toda esburacada - afirma.


O secretário de Obras, Paulo Castro, informou que não fechou antes os buracos do bairro porque tapou crateras na Avenida Teixeira e Souza. Ele se comprometeu a resolver os problemas na Vila Nova. Já o comandante do 25º BPM,  André Henrique Oliveira, não respondeu a mensagem enviada da redação até o fechamento.