Assine Já
terça, 21 de setembro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
20ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 50892 Óbitos: 2066
Confirmados Óbitos
Araruama 12158 430
Armação dos Búzios 6211 64
Arraial do Cabo 1680 90
Cabo Frio 14098 828
Iguaba Grande 5364 134
São Pedro da Aldeia 6850 285
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Covid-19

Vereador apresenta programa de renda mínima para população de Cabo Frio durante crise do coronavírus

Proposta é para atender pessoas que não forem beneficiadas pelo programa que está em discussão no Senado Federal

27 março 2020 - 13h47Por Redação

O vereador Rafael Peçanha apresentou, nesta quinta-feira (26), à Secretaria Municipal de Assistência Social e à Câmara de Cabo Frio um programa de renda mínima para auxiliar famílias carentes, trabalhadores desempregados, profissionais autônomos e funcionários do setor comercial, que se encontrem em situação de dificuldade econômica durante o período de pandemia.  A proposta busca atender pessoas que não forem beneficiadas pelo programa de renda emergencial que se encontra em discussão no Senado Federal.

– O governo federal vai liberar quase 2 bilhões para a área de assistência social no Brasil. Isso dá  uma média 3,5 milhões por cidade brasileira, 3.350 salários mínimos. Some-se a isso o avanço do Plano Mansueto no Congresso, que poderá melhorar ainda repasses e créditos federais ao município, ou seja, há verba para que o poder público municipal ajude quem está sofrendo – defendeu o parlamentar. 

Na proposta, Rafael lembra que o artigo 259 da Lei Orgânica obriga o setor de assistência social do município a atender as famílias nessa situação. 

– Estamos propondo um mínimo de 500 reais, como Niterói fez, e o teto de um salário mínimo por pessoa. É urgente – defendeu Peçanha. 

A proposta foi formalizada à Secretaria Municipal de Assistência Social e ao Gabinete de Crise por ofício e apresentada ao sistema da Câmara para ser analisado. 

O líder da oposição revelou ainda que os vereadores já estão se mobilizando junto à presidência para que, em poucos dias, o legislativo estabeleça o sistema de votação remota, a fim de que haja o retorno virtual das sessões.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.