Assine Já
terça, 18 de maio de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
17ºmin
Alerj
Alerj
TEMPO REAL Confirmados: 38507 Óbitos: 1467
Confirmados Óbitos
Araruama 9671 303
Armação dos Búzios 4715 57
Arraial do Cabo 1343 70
Cabo Frio 10353 542
Iguaba Grande 3845 93
São Pedro da Aldeia 5306 227
Saquarema 3274 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
CABO FRIO

Vereador afirma que vai convocar superintendente de Eventos para prestar esclarecimentos na Câmara

Rafael Peçanha quer que Clóvis Barbosa dê explicações sobre gastos com shows de aniversário da cidade

15 novembro 2019 - 11h36Por Redação
Vereador afirma que vai convocar superintendente de Eventos para prestar esclarecimentos na Câmara

O vereador de Cabo Frio Rafael Peçanha (PDT), líder da oposição ao governo Adriando Moreno (DEM) na Câmara Municipal, anunciou nas suas redes sociais que vai pedir a convocação do superintendente de Eventos, Clóvis Barbosa, para prestar explicações em plenário sobre os custos da festa de aniversário da cidade.

O parlamentar questiona o formato de parceria público-privada para arcar com os gastos com o cachê dos artistas e com a estrutura do evento. Segundo publicações oficiais da prefeitura, apenas com iluminação, geradores, banheiros e palco, os contatos totalizam R$ 286.211,50.

Peçanha criticou duramente o superintendente no episódio que resultou no cancelamento dos shows do cantor Diogo Nogueira e da Banda Rabuja, na última quarta-feira (13), data de aniversário da cidade. O evento foi suspenso pela Justiça, a pedido do Ministério Público, por causa da falta do documento de liberação do Corpo de Bombeiros ('nada a opor'). De acordo com o MP, a superintendência deu entrada no pedido de liberação apenas na terça ()12), véspera do evento. 

"Se fosse um governo minimamente sério, ele já estaria exonerado, por envergonhar nacionalmente o município e expor a cidade ao ridículo com seu amadorismo. Há muitos produtores culturais que ralam meses em busca da legalidade de seus eventos, mas são reprimidos pela prefeitura mesmo assim. Enquanto isso, o governo nem notifica o Corpo de Bombeiros no prazo, sendo repreendido pelo MP", postou o vereador.

A reportagem entrou em contato com o superintendente Clóvis Barbosa e aguarda um retorno sobre o assunto.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.