Assine Já
domingo, 11 de abril de 2021
Região dos Lagos
30ºmax
19ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 32434 Óbitos: 1183
Confirmados Óbitos
Araruama 8059 252
Armação dos Búzios 4018 49
Arraial do Cabo 1143 56
Cabo Frio 8778 419
Iguaba Grande 3162 76
São Pedro da Aldeia 4462 178
Saquarema 2812 153
Últimas notícias sobre a COVID-19
vendaval

Vendaval causa estragos na região

Bombeiros registraram quedas de árvores em Cabo Frio e Arraial

19 julho 2017 - 10h45Por Gabriel Tinoco
Vendaval causa estragos na região

O vendaval que passou pela Região dos Lagos causou estragos ontem. Pelo menos três árvores caíram: duas em Cabo Frio e uma em Arraial. O superintendente da Defesa Civil de Cabo Frio, Carlos Ernesto, informou que os ventos deverão diminuir somente nesta tarde.
– O alerta está valendo. O vento vai continuar até amanhã (hoje). Mas, a partir das 17h, haverá queda na intensidade. Enquanto isso, recomendamos aos cabo-frienses ficarem fora de áreas com árvores ou placas grandes. Também é orientada a verificação do telhado – diz.
As primeiras ocorrências envolviam coqueiros. Os cocos caíam no Canal do Itajuru por causa do vendaval e ameaçavam os pedestres que passavam pelo local. Ninguém ficou ferido até o fechamento desta edição. Um coqueiro também desabou na Avenida Excelsior no início da tarde.
Outro transtorno causado pelo vento foi um galho que desabou na cabeça de uma senhora, que andava pelo Itajuru, próximo ao Queijos e Frios. A vítima foi socorrida e colocada dentro de um táxi. Ela foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Burle, onde ganhou pontos.

*Matéria completa na edição desta quarta-feira (19) da Folha dos Lagos.


Foto: RC24h

Leia Também

Geral
Índice de confiança dos pequenos negócios atinge patamar da recessão de 2014, apontam Sebrae e FGV
Sondagem mensal realizada pelo Sebrae e pela FGV detecta que recrudescimento da pandemia e interrupção temporária do auxílio emergencial contribuíram para esse resultado
Carlos Minc sobre Dunas do Peró: "Não pode haver incompatibilidade entre turismo e preservação"
DIÁLOGO
Carlos Minc sobre Dunas do Peró: "Não pode haver incompatibilidade entre turismo e preservação"
Risco Covid: Baixada Litorânea sai da bandeira roxa (risco muito alto) para vermelha (risco alto)
Coronavírus
Risco Covid: Baixada Litorânea sai da bandeira roxa (risco muito alto) para vermelha (risco alto)
Pandemia: 80% dos profissionais da linha de frente tiveram problema de saúde mental no último ano
Coronavírus
Pandemia: 80% dos profissionais da linha de frente tiveram problema de saúde mental no último ano