Assine Já
terça, 22 de setembro de 2020
Região dos Lagos
19ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7847 Óbitos: 412
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 473 10
Arraial do Cabo 231 13
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
Turismo

Turismo brasileiro deseja aumentar visitantes pós-Olimpíadas

Ministério aposta em investimento para o Brasil antes e depois dos jogos

05 novembro 2015 - 09h24

O Ministério do Turismo, Henrique Eduardo Alves, apos­ta em investimentos antes e de­pois dos Jogos Olímpicos para divulgação do Brasil como destino turístico.

A afirmação foi feita esta semana, durante a realização de uma das principais feiras de turismo mundia, realiza­da em Londres, na Inglaterra. Segundo ele, estudos demonstram que países que investiram cerca de 60% dos recursos em ações de promoção consegui­ram aproveitar a realização de eventos esportivos, seja Olim­píada ou Copa do Mundo, para atrair visitantes aos sus países.

– Temos de aproveitar exem­plos bem-sucedidos e adap­tá-los à realidade do Brasil e ainda aproveitar ao máximo a exposição que o maior evento – opinou.

No ano passado, durante a Copa do Mundo, cerca de mil atletas de 32 países estive­ram no país. Na olimpíada de 2016 serão 15 mil atletas de 205 nações. Pela projeção da Fifa, estima-se que 3,5 bilhões de pessoas tenham assistido o mundial de futebol. O Comitê Olímpico Internacional projeta que 4,8 bilhões de espectado­res ao redor do mundo estarão de olho na Olimpíada.

– Quero que o turista vá ao Rio, mas também visite o Nor­deste, conheça a capital Brasí­lia, conheça o sul e o Norte do país – afirmou Alves.

Como exemplo de ações para desenvolvimento do país como destino turístico, Alves citou o recém-inaugurado Es­critório Brasileiro de Turismo na Rússia e adiantou que ou­tros países como a Índia tam­bém podem receber iniciativas específicas de divulgação.

– Queremos, cada vez mais, estar abertos ao mundo. Por isso estamos trabalhando para isentar o visto de turistas no que estamos chamando de Ano Olímpico do Turismo” – expli­cou. O projeto de lei foi apro­vado pela Câmara dos Depu­tados e pelo Senado Federal. Agora o texto segue para a san­ção presidencial.