Assine Já
quinta, 09 de julho de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 304 Confirmados: 3297 Óbitos: 192
Suspeitos: 304 Confirmados: 3297 Óbitos: 192
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 266 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 1016 62
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 1 528 19
Saquarema 7 528 31
Últimas notícias sobre a COVID-19
Turismo

Turismo brasileiro deseja aumentar visitantes pós-Olimpíadas

Ministério aposta em investimento para o Brasil antes e depois dos jogos

05 novembro 2015 - 09h24

O Ministério do Turismo, Henrique Eduardo Alves, apos­ta em investimentos antes e de­pois dos Jogos Olímpicos para divulgação do Brasil como destino turístico.

A afirmação foi feita esta semana, durante a realização de uma das principais feiras de turismo mundia, realiza­da em Londres, na Inglaterra. Segundo ele, estudos demonstram que países que investiram cerca de 60% dos recursos em ações de promoção consegui­ram aproveitar a realização de eventos esportivos, seja Olim­píada ou Copa do Mundo, para atrair visitantes aos sus países.

– Temos de aproveitar exem­plos bem-sucedidos e adap­tá-los à realidade do Brasil e ainda aproveitar ao máximo a exposição que o maior evento – opinou.

No ano passado, durante a Copa do Mundo, cerca de mil atletas de 32 países estive­ram no país. Na olimpíada de 2016 serão 15 mil atletas de 205 nações. Pela projeção da Fifa, estima-se que 3,5 bilhões de pessoas tenham assistido o mundial de futebol. O Comitê Olímpico Internacional projeta que 4,8 bilhões de espectado­res ao redor do mundo estarão de olho na Olimpíada.

– Quero que o turista vá ao Rio, mas também visite o Nor­deste, conheça a capital Brasí­lia, conheça o sul e o Norte do país – afirmou Alves.

Como exemplo de ações para desenvolvimento do país como destino turístico, Alves citou o recém-inaugurado Es­critório Brasileiro de Turismo na Rússia e adiantou que ou­tros países como a Índia tam­bém podem receber iniciativas específicas de divulgação.

– Queremos, cada vez mais, estar abertos ao mundo. Por isso estamos trabalhando para isentar o visto de turistas no que estamos chamando de Ano Olímpico do Turismo” – expli­cou. O projeto de lei foi apro­vado pela Câmara dos Depu­tados e pelo Senado Federal. Agora o texto segue para a san­ção presidencial.