Assine Já
segunda, 28 de setembro de 2020
Região dos Lagos
35ºmax
20ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8099 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1625 102
Armação dos Búzios 487 10
Arraial do Cabo 248 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 684 36
São Pedro da Aldeia 1323 51
Saquarema 1177 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
janela

Troca-troca partidário entre vereadores entra no momento decisivo

Período de 'janela' e formação de nominatas intensifica conversas de bastidores

20 março 2016 - 07h26Por Rodrigo Branco
Troca-troca partidário entre vereadores entra no momento decisivo

Antes morna, a temporada de mudanças partidárias entre os vereadores de Cabo Frio se agitou consideravelmente nos últimos dias. Com a proximidade do fim da ‘janela da infidelidade’, como ficou conhecido o período de transferências entre siglas sem a perda do mandato, muitos parlamentares se movimentaram para tomar parte de nominatas que lhes deem melhores condições de tentar a reeleição.

Conforme a Folha tinha antecipado, Celso Campista se mudou para se mudou para o PDT do pré-candidato Janio Mendes, onde formará bancada com o colega Fred. Segundo sua assessoria, o tamoiense teria se irritado por ter sido deixado de lado nas conversas que culminaram no apoio do seu antigo partido, o PSB, ao pré-candidato do PMDB, Marquinho Mendes. O acordo foi feito diretamente com o suplente de vereador Thiago Costa, que acaba de voltar à sigla, com as ‘bençãos’ do senador Romário.

Outro que está de casa nova é Emanoel Fernandes, mais um egresso da revoada que se abateu sobre o Pros.

– Tomei posse como vice- presidente estadual do partido. Vamos organizar o partido em todo estado, como já estamos fazendo. Vamos participar da eleição majoritária em muitos municípios e acredito que faremos um número bom de vereadores em todo o estado – comentou o parlamentar, que já tinha deixado o PSC em 2014.

Enquanto uns saem, outros podem chegar. Vinícius Corrêa, vice-líder do governo na Câmara e atualmente no PP do prefeito e tio Alair Corrêa pode entrar no partido, mantendo-o na base aliada, assim como o PRB, que acaba de receber a filiação de Luis Geraldo, ex-PPS.