Assine Já
terça, 02 de março de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 26824 Óbitos: 919
Confirmados Óbitos
Araruama 6793 183
Armação dos Búzios 3201 32
Arraial do Cabo 865 38
Cabo Frio 7434 352
Iguaba Grande 2529 55
São Pedro da Aldeia 3551 126
Saquarema 2451 133
Últimas notícias sobre a COVID-19
TRE

TRE cria cartilha para propaganda nas eleições municipais

Objetivo é tentar evitar abusos antes e durante campanha

05 maio 2016 - 10h14Por Rodrigo Branco
TRE cria cartilha para propaganda nas eleições municipais

A prática da boca de urna, além de ilegal, costuma deixar as ruas das cidades completamente imundas (Reprodução)

No popular, diz-se que é ‘preciso desenhar’ quando parece que algum assunto ainda não está suficientemente claro. Pois o Tribunal Regional Eleitoral lançou mão do recurso em duas cartilhas que têm o objetivo de, basicamente, orientar os candidatos durante a campanha deste ano. Enquanto uma fala sobre o registro das candidaturas propriamente dito, a outra traz uma série de regras e normas sobre a propaganda eleitoral.

As peças já estão atualizadas com as novas regras da Lei 13.165/15, aprovada durante a minirreforma política do ano passado, e trazem, de forma didática e objetiva, as regras, conceitos e procedimentos sobre os dois temas, servindo como uma espécie de guia para a população, candidatos e partidos.

A cartilha de regras de propaganda tem 40 páginas e está disponível para impressão no site do TRE-RJ. O texto orienta quanto à publicidade dos candidatos em todas as mídias, desde as físicas, como placas, santinhos e outdoors, passando pelo rádio, televisão e internet.

Uma das principais preocupações do texto é deixar claro que as restrições à propaganda eleitoral devem começar antes mesmo de 16 de agosto, data de início da campanha oficial.

Desta forma, fica proibida a promoção pessoal dos pré-candidatos, seja pela menção à pretensa candidatura, seja pela exaltação das próprias qualidades pessoais, durante participação em entrevistas, encontros e debates, em rádio, televisão e internet.

(*) Leia a matéria na íntegra na edição impressa desta quinta-feira da Folha dos Lagos.