sábado, 20 de abril de 2024
sábado, 20 de abril de 2024
Cabo Frio
21°C
Park Lagos Super banner
Park Lagos beer fest
Cabo Frio

​Transexual é impedida de usar banheiro feminino da rodoviária de Cabo Frio

Ativistas da causa LGBTI+ querem pedir explicações do comando do Batalhão da Polícia Militar

26 agosto 2019 - 19h49
​Transexual é impedida de usar banheiro feminino da rodoviária de Cabo Frio

Ativistas da causa LGBTI+ (Lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, intersexuais e outras identidades de gênero) querem se reunir com o comando do 25º Batalhão da Polícia Militar, por conta de um episódio ocorrido na Rodoviária de Cabo Frio na noite do último sábado. 


Na ocasião, a transexual Danielle Muniz foi impedida de usar o banheiro feminino do terminal   por um policial militar que estava no local. O incidente foi filmado e enviado por WhatsApp para a reportagem da Folha. Os ativistas  querem cobrar explicações para o fato, uma vez que, segundo eles, este tipo de incidente não vinha mais acontecendo.


“Fui obrigada a entrar no banheiro dos homens porque não deixaram entrar no banheriro das mulheres”, diz Danielle no vídeo, no qual ela aparece cumprimentando rapidamente o policial na saída do banheiro. 


Além disso, a recém-criada Superintendência Municipal de Políticas Públicas LGBTI+ entrou em contato com o governo do estado para pedir que sejam tomadas as providências cabíveis.  


Procurada, a Polícia Militar informou por meio da assessoria de imprensa que denúncias desta natureza devem ser feitas nas delegacias, pelo telefone 190 ou pelo Disque-Denúncia através do telefone 2253-1177. No entanto, se o denunciante tiver o nome do policial, a assessoria se coloca à dispisição para entrar em contato com o batalhão para verificar o fato.


Apesar da polêmica que envolve a situação, existe jurisprudência na Justiça brasileira quanto a condenações de empresas que impedem transexuais a usarem banheiros com o gênero que se identificam. Também há um parecer de 2015 da Procuradoria-Geral da República que defende posição neste sentido junto ao STF, onde está um recurso extraordinário.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 29 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições na porta de casa, de terça a sábado. Ligue já: (22) 2644-4698. *Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.