Assine Já
quarta, 01 de dezembro de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53491 Óbitos: 2186
Confirmados Óbitos
Araruama 12497 447
Armação dos Búzios 6580 73
Arraial do Cabo 1754 93
Cabo Frio 15408 901
Iguaba Grande 5564 147
São Pedro da Aldeia 7047 290
Saquarema 4641 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

Traficante procurado pela polícia é preso durante passeio de barco em Arraial do Cabo

Segundo a polícia, ‘Vela’ é chefe do tráfico no Manoel Corrêa, em Cabo Frio

26 abril 2019 - 10h52
Traficante procurado pela polícia é preso durante passeio de barco em Arraial do Cabo

Uma ação conjunta entre policiais civis da 126ª DP (Cabo Frio) e policiais militares do 25º Batalhão resultou no fim da tarde de ontem na prisão de Jair Francisco Dias Ferreira Junior, conhecido como ‘Vela’, na Mariana dos Anjos, em Arraial do Cabo. ‘Vela’ é apontado pelas autoridades de segurança como chefe do tráfico de drogas na Favela do Lixo, no bairro Manoel Corrêa, em Cabo Frio. 

‘Vela’ foi capturado pelos policiais quando chegava de um passeio marítimo em Arraial. Com ele foram presos Édson Lima Damasceno, ‘Mamão’; Robert da Silva Barcelos, o ‘Chocolate’; e Maicon Pereira Porfírio. ‘Mamão’ tinha mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas, associação para o tráfico e homicídio. ‘Chocolate’, que é da Vila Cruzeiro, na Penha, tinha mandado por tráfico de drogas e associação para o tráfico e Maicon, por roubo majorado, tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Segundo a polícia, as investigações para a localização de ‘Vela’ duraram dois meses e usaram medidas especiais autorizadas pela Vara Criminal e pelo Ministério Público. Durante esse período foi formado um grupo de trabalho integrado entre os policiais civis da Delegacia de Cabo Frio com os policiais militares do 25° BPM, que realizaram operações conjuntas na Favela do Lixo para desarticular a referida organização criminosa, cuja ação era considerada extremamente violenta. Em uma dessas incursões policiais, inclusive, as equipes foram recebidos por dezenas de tiros. 

A Polícia Federal também colaborou com as investigações.

A prisão em alto mar chegou a ser cogitada, mas os policiais não conseguiram uma embarcação para fazê-la, o que obrigou a espera da chegada da embarcação em terra firma para que as autoridades pudessem entrar em ação. 

PM destaca-se em prisões e apreensões no Estado

O 25º Batalhão de Polícia Militar destacou-se em termos de produtividade no primeiro trimestre deste ano, segundo dados oficiais do Governo do Estado. 

O quartel sediado em Cabo Frio, que responde por outros seis municípios da Região dos Lagos, ficou em primeiro lugar no Estado do Rio em apreensão de drogas com 455 ocorrências registradas.

O 25º BPM ficou ainda na terceira colocação no quesito ‘autuações de prisões em flagrante’ com 433 registros; e ficou em quinto lugar, em apreensão de armas de fogo, com 102 registros nos três primeiros meses de 2019.

Além disso, conforme a Folha já havia publicado na semana passada, o índice de homicídios dolosos caiu 30% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, passando de 86 para 60. Por outro lado, no mesmo levantamento do ISP, foi divulgado aumento no número de roubos, furtos e estupros na região.