quarta, 17 de abril de 2024
quarta, 17 de abril de 2024
Cabo Frio
26°C
Park Lagos Super banner
Park Lagos beer fest
EVENTOS

Toque argentino no Jazz da Folha faz sucesso

Massas do chef Santiago Alchu encantam convidados pelo sabor e leveza

04 novembro 2019 - 20h00Por Rodrigo Branco
Toque argentino no Jazz da Folha faz sucesso

Se a primeira edição do Jazz da Folha, realizada no último sábado, na Casa Safira, foi bem-sucedida, isso muito se deve à impressão deixada no paladar do público. As massas servidas durante o evento tinham o toque portenho de um argentino de 31 anos, que mora há cinco na Região dos Lagos, o chef Santiago Alchu.

O fettuccine e, sobretudo, o sorrentino (espécie de ravióli maior e com mais recheio), preparados pelo ‘hermano’ nascido em Tandil, cidade da província de Buenos Aires, logo caíram nas graças dos convidados pela leveza e pelo sabor. Até o sucesso no evento, o chef admite, os dias foram de ansiedade por causa da responsabilidade e por ter que executar os pratos ‘ao vivo’. Mas o alto astral e a receptividade positiva logo quebraram qualquer possibilidade de algo dar errado.


– Todo mundo, depois que comeu, perguntou com curiosidade e me parabenizou. Gostaram muito e falaram que eu tinha talento, então essa primeira sensação foi de arrepio na pele, porque cozinhar pra pessoa que eu não conheço e falarem desse jeito é como uma missão cumprida, né? Então estou muito satisfeito com tudo, com a organização. Foi uma experiência muito boa a vai ter muitos outras mais – acredita.


A jornalista especializada em Jornalismo Gastronômico e uma das produtoras do evento, Fernanda Carriço, foi só elogios à comida servida por Santiago. Conhecida pelo rigor com o preparo dos alimentos, Fernanda aprovou com louvor as massas feitas com sotaque castelhano.

– Quando uma pessoa cozinha com tesão, carinho, a gente sente isso na comida. Sou um pouco exigente pra comida (risos) e na hora que provei o sorrentino do Santiago eu senti toda a qualidade e carinho na primeira mordida. Santiago ama servir e emprega esse sentimento ao cozinhar. Sou fã e vi que ele conquistou vários no evento da Folha: empanadas divinas e massa perfeita – comentou Fernanda.

Acostumada aos doces, a confeiteira Clarissa da Guia foi outra profissional a destacar o trabalho do chefe argentino. Ela estendeu os elogios ao Jazz, como um todo.

– Achei tudo muito legal e agradável. A comida estava excelente, atendimento rápido. O som de boa qualidade e o ambiente muito bonito – destacou Clarissa.

Os elogios servem de incentivo para Santiago que, em junho, montou um serviço de entrega de massas artesanais na casa onde mora, no bairro Célula Máter. A clientela cresce aos poucos e o argentino já fornece sua comida para um restaurante. É a continuidade de uma vida construída desde 2014 no Brasil, entre Búzios e Cabo Frio. A família, composta por mulher cabofriense e filho aldeense (“mas de sangue argentino”, ressalta), é a prova dos laços cada vez mais estreitos com a região. A base para conseguir crescer ainda mais com o negócio, graças ao talento natural, lapidado ainda na Argentina, em 2012.

– O retorno sempre é positivo. Fiquei surpreso porque muitos que já gostavam tanto de massa, conheceram outro tipo de comida. Fiz uma pesquisa no mercado antes de abrir e, em Cabo Frio, não tem muita massa artesanal. Era algo que estava faltando aqui. Estou no começo da caminhada, mas, pelo retorno e pelos clientes que comecei a conquistar, acho só vem coisa boa coisa pela frente. Sou ciente que é duro ter comércio novo, mas estou muito confiante – diz, animado.

Serviço: Trattoria Bella Itália – Massas artesanais delivery – telefones (22) 99987-7455 e (22) 99293-0295 (WhatsApp) – das 11h às 14h e das 19h às 23h (exceto às quartas e domingos) – aceita cartões de crédito e débito – Instagram: @bellaitaliacabofrio.